Fabi Cavalcanti
Miguel Cavalcanti

Aves em risco na Paraíba

Saíra-pintor, uma das espécies em risco de extinção da Paraíba
Imagem cedida por Thiago Zanetti Fotografia

 

No município de João Pessoa podemos encontrar pequenos trechos de Mata Atlântica e o maior deles fica protegido por uma unidade de conservação de proteção integral no Jardim Botânico Benjamim Maranhão, popularmente conhecido como Mata do Buraquinho.

Com aproximadamente 515 hectares, este local é um refúgio para muitas espécies endêmicas e algumas ameaçadas de extinção.

Não existe um número certo da avifauna que habita o Refúgio de Vida Silvestre da Mata do Buraquinho, mas um estudo realizado entre março de 2017 e fevereiro de 2018 registrou mais de 110 espécies de aves, sendo pelo menos 5 delas ameaçadas.

Dentre os motivos que levam uma espécie de ave ao risco de extinção estão a captura para comércio ilegal e a fragmentação dos habitats, que é quando uma grande área é reduzida e/ou dividida em duas ou mais áreas. 

 Algumas das espécies que estão em situação vulnerável ou em risco de extinção no estado da Paraíba são:

Saíra-pintor (Tangara fastuosa)

Gavião-de-pescoço-branco (Leptodon forbesi)

Apuim-de-cauda-amarela (Touit surdus

Tatac (Synallaxis infuscata)

Maria-do-nordeste (Hemitriccus mirandae

Pintassilgo-do-nordeste (Spinus yarrellii)

 

Veja também  Partiu praia!!!!