Caderno Animal

Fabi Cavalcanti
Miguel Cavalcanti

Cães, gatos e bebês: Quais os benefícios dessa interação?

Existem algumas preocupações quando temos cães e gatos em casa e um bebê está a caminho. Será que pode fazer mal ao bebê? Como meu pet irá se comportar? O que preciso fazer para que seja bom para todos?

Uma pesquisa de uma universidade no Canadá afirma que a convivência entre cães e bebês promove uma melhora no sistema imunológico dos bebês, diminuindo os riscos de desenvolverem doenças alérgicas e também auxilia na prevenção da obesidade.

Um outro estudo feito na Austrália mostrou que crianças que crescem em famílias que têm boas relações com seus animais de estimação apresentam mais empatia, maior chance de desenvolver melhor as habilidades sociais e risco menor de apresentar algum problema de conduta.

O contato entre bebês, crianças e animais de estimação apresenta muitos benefícios para pequenos humanos e, para usufruir desses benefícios precisamos preparar nosso animalzinho para que seja bom para ele também.

Pequenos detalhes como evitar mudanças na rotina do seu pet e o modo como você lida com ele no seu dia a dia e procurar inseri-lo no dia a dia do seu bebê podem ajudar para que essa interação seja positiva.

Mostrar o quartinho do bebê, suas roupas, sons de bebês chorando são algumas das coisas que podemos fazer para ir acostumando o cãozinho ou gato aos novos estímulos que surgirão.

Lembre-se sempre que limites são fundamentais em qualquer etapa da vida de seu pet.

Se não souber como lidar com esse novo cenário, procure a ajuda de um especialista em comportamento canino ou felino para te auxiliar nesse processo e aproveite todas as vantagens de uma família multiespécie.