Caderno Animal

Fabi Cavalcanti
Miguel Cavalcanti

Mitos e verdades sobre a castração

Existem muitas dúvidas em relação à castração.
Alguns veterinários recomendam a castração como uma das maneiras de prolongar a vida do animal e outros veterinários vem se posicionando contra à castração.
Levantamos alguns pontos que consideramos importantes em relação à castração para que cada um reflita nos prós e nos contras que a castração pode trazer para o seu pet.

A castração vai fazer seu cão ou gato engordar. 

MITO. A castração em si não faz isso. O que pode acontecer é que cães e gatos castrados podem ficar mais sedentários e, se não houver mudança na alimentação e estímulos para exercícios, eles podem engordar.

Machos perdem a virilidade.

MITO. O conceito de virilidade está bem mais associado aos humanos do que aos pets. Se você tem um cão ou gato para companhia, não tem sentido pensar no conceito de virilidade. Na verdade, machos castrados perdem o instinto sexual, mas isso não muda a personalidade dele e muito menos a classificação do gênero.

Animais castrados ficam preguiçosos

MITO. Animais castrados deixam de receber a carga hormonal que influencia alguns comportamentos, como o de fuga, por exemplo.

Castração previne câncer

VERDADE. Tantos machos quanto fêmeas podem desenvolver alguns tipos de câncer que podem ser evitados com a castração.

A castração pode reduzir brigas 

VERDADE se os motivos pelo qual as brigas ocorrem são relacionados à disputa de território ou fêmeas no cio.

Além desses pontos, outras situações inconvenientes também podem cessar ou diminuir com a castração – aquele xixi por toda a casa, típico de marcação de território, mais comum entre os machos; “montar” nas pernas das visitas e o incômodo da gravidez psicológica, que surge em algumas fêmeas após o cio.
A castração também é a maneira mais eficaz de diminuir a população de rua.
Muitas pessoas, ao adquirirem um pet o fazem para companhia, não o fazem pensando em cruzá-lo, mas no meio do caminho, mudam de ideia e acabam cruzando seus animais sem o controle de um criador responsável, sem os exames apropriados e sem o conhecimento do manejo ideal desses filhotes.
O resultado disso pode vir futuramente, caso o filhote apresente um problema de saúde ou de comportamento, se ele não estiver sob guarda de tutor responsável, será descartado de alguma forma  possibilitando o aumento de cães abandonados pelas ruas.
Existem pontos negativos sobre a castração? Sim, existem. Sendo precoce, ela interfere no desenvolvimento; cães grandes precisam de uma atenção redobrada devido à saúde das articulações; é uma cirurgia, logo, envolve riscos; porém, os prós acabam superando os contras.
E você, o que pensa sobre a castração?