Fabi Cavalcanti
Miguel Cavalcanti

Cães: como lidar com o medo de andar de carro?

Hari chateado porque a irmã trocou o cinto de segurança pela cadeirinha dele

Chaves na mão, cãozinho na coleira e, na hora de sair vem a tremedeira, choramingo e uma trabalhadeira para colocar o cachorro no carro.

Muitos cães não aprenderam a andar de carro quando pequenos, outros só “passearam” no veterinário; para cães não habituados, quando passeios são necessários, sair de carro pode ser estressante pro cãozinho e desgastante pro tutor.

O que podemos fazer para ajudar o cãozinho a andar de carro melhor?

  • Primeiro, pare com seu peludo ao lado de um carro e tente associá-lo a algo legal, como um petisco que ele goste ou carinho. Quando ele já se sentir mais relaxado, passe para a próxima etapa.
  • Com o carro aberto e desligado, continue o processo de associar algo bom ao carro – se possível, brinque com seu cãozinho ao lado do carro, ofereça alguma guloseima canina.
  • O próximo passo é fazer com que ele se sinta bem no carro. Entrar com ele, fazer bastante carinho, oferecer algo irresistível como um petisco de alto valor, um mordedor desidratado ou um brinquedo recheado pode ajudar bastante nesse processo.
  • Ligue o carro e ande um pouco (vale até andar só na garagem!).
  • Quando seu cão estiver confortável no carro, vá aumentando o percurso e o tempo do passeio, mas prefira locais que ele goste – casa de amigos, pracinhas, praia.

Esse processo pode ser rápido ou levar um bom tempo, porque vai depender da sua disponibilidade, constância nos exercícios, paciência e reação do seu cãozinho; por isso, é importante conhecer bem o seu cão e entender os limites dele.

Fazer com que os cães aprendam “na marra” pode ser bem prejudicial à sua relação com eles. Tente entendê-los e aos seus sinais.

Busque suprir suas necessidades para que você tenha um cão mais equilibrado e feliz!