IBGE abre processos seletivos com 40 vagas temporárias na PB para Censo 2022

Editais reúnem um total de 1.812 vagas temporárias para dois cargos.

Foto: Divulgação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dois editais de processos seletivos para contratação temporária de pessoal para a realização do Censo Demográfico 2022. As duas seleções reúnem um total de 1.812 vagas em todo o país. Na Paraíba, são 40 oportunidades.

> Edital para agente censitário de administração e informática

> Edital para coordenador censitário

As inscrições devem ser feitas pela organizadora dos processos seletivos, por meio do site www.ibfc.org.br, até o dia 10 de janeiro de 2022.

A taxa de inscrição é de R$ 44 para agente censitário de administração e informática e de R$ 66 para coordenador censitário de área. As provas objetivas para as duas funções estão previstas para o dia 20 de fevereiro.

Processo seletivo para agente censitário de administração e informática

A seleção para o cargo de agente censitário de administração e informática oferece 1.781 vagas e remuneração de R$ 1,7 mil. A previsão de duração do contrato é de 5 meses. Para se candidatar, é necessário ter ensino médio completo.

Entre as atribuições da função de agente censitário de administração e informática estão as de tomar providências relativas à contratação, prorrogação de contratos, desligamento de recenseadores e também colaborar na organização e na administração dos postos de coleta de sua coordenação de subárea.

Veja também  Seleção de contratação temporária da Fundação PB Saúde tem inscrições prorrogadas

As vagas para agente censitário são para todos os estados.

Processo seletivo para coordenador censitário

Já a seleção para coordenador censitário, oferta 31 vagas e remuneração de R$ 3.677. A previsão é de que o contrato dure 7 meses. Para se candidatar, o interessado deve ter ensino médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) pelo menos na categoria B.

O coordenador censitário de área deve responder por questões técnicas, administrativas e operacionais; acompanhar os trabalhos das equipes das coordenações nacionais e estaduais de supervisão e implementar as orientações recebidas; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento das funções de coordenador censitário de subárea.

As vagas para coordenador são nos estados de Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Roraima, São Paulo e Tocantins.