Joystick do inferno

Figura folclórica dos filmes de terror brasileiro, Zé do Caixão, vira personagem de game desenvolvido por estudantes de Campina Grande.

O cineasta paulista José Mojica Marins ficou conhecido no mundo encarnando nos seus filmes o personagem Zé do Caixão (conhecido como ‘Coffin Joe’ fora do país).

A figura folclórica dos filmes de terror brasileiro parte para aterrorizar o mundo dos jogos eletrônicos com Zé do Caixão: A Cidade Vermelha, game em fase de desenvolvimento por profissionais de Campina Grande.

"Na verdade, o projeto inicial foi fazer uma história em quadrinhos do Zé do Caixão", conta Rodrigo Motta, diretor e game designer do jogo. "Mas o quadrinista gaúcho Samuel Casal fez um álbum bem legal (Prontuário 666) e acabamos mudando o foco."

Veja também  Primeira noite de eliminatórias classifica sete canções para a final do V Festival de Música da Paraíba

O contato com o cineasta para a aprovação aconteceu há cinco anos – um ano antes de lançar Encarnação do Demônio, filme que encerra a trilogia iniciada com À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1963), e Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver (1967). O encontro aconteceu durante a edição do Comunicurtas, um festival de cinema de Campina Grande. "A questão do Mojica participar com a dublagem ainda deve ser conversado", revela.

O protótipo está sendo criado por uma equipe de alunos da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Colégio da Polícia Militar (CPM-PB).