Festival de Inverno de Campina Grande 2020 é cancelado

Em nota divulgada nesta segunda-feira (30) a organização do evento informou não ter conseguido pagar os artistas que se apresentaram no FICG na edição passada.

Bandas Cabruêra e Os Fulano fazem tributo a Jackson do Pandeiro por meio do projeto Jackson Racional e os Afrobatuques – Foto: Divulgação

O Instituto Solidarium, responsável pela realização do Festival de Inverno de Campina Grande, anunciou nesta segunda-feira (30) o cancelamento da edição de 2020. Entre as justificativas está o avanço da pandemia do novo coronavírus na cidade, bem como a falta do repasse de verbas para o pagamento das atrações que se apresentaram no evento em 2019.

O impasse nos pagamentos aos artistas que participaram do FICG no ano passado se tornou alvo de uma investigação na Delegacia de Defraudações e Falsificações de Campina Grande, após uma das funcionárias responsáveis pela administração financeira do festival se tornar suspeita de fraudar o pagamento da quantia destinada aos artistas contratados na 44º edição do evento.

No comunicado divulgado nesta segunda (30), a fundadora do Festival de Inverno de Campina Grande, Eneida Agra Maracajá, disse estar “constrangida” por não ter conseguido pagar os cachês do artistas após mais de seis meses da edição passada.

São 8 meses de luta no nosso dia-a-dia. Uma verdadeira via-sacra cultural às portas do poder. Não vamos desistir. É uma questão de honra cumprir com o que já o fizemos durante 43 anos, sem interrupção. Não vamos dar tréguas. Mais uma vez, estamos vindo a público expressar nossas mais sinceras desculpas, ao tempo em que pedimos mais um aval de credibilidade.”, afirmou Eneida Agra em nota divulgada pelo Solidarium.

O cancelamento da 45ª edição do FICG, que aconteceria em 2020, também segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) acerca do isolamento social, usado como ferramenta para o combate a pandemia do novo coronavírus. Em Campina Grande, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou dois casos de Covid-19. Estes estão entre os 15 pacientes com coronavírus na Paraíba.

 

Confira a nota na íntegra:

 

Aos Grupos e Cias de Dança, Música e Teatro que participaram da 44ª. Edição do Festival

de Inverno de Campina Grande, à imprensa e toda a comunidade campinense

COMUNICADO

O Solidarium – Instituto de Arte, Cultura e Cidadania, gestor do Festival de Inverno de Campina Grande, vem pelo presente, confessar aos artistas que participaram das Mostras Nacionais de Dança, Teatro e Música, o seu constrangimento em ainda não ter conseguido solucionar, até a presente data, o pagamento referente aos cachês dos espetáculos apresentados e demais serviços prestados durante o FICG.

Após a decisão do Exmº. Sr. Prefeito Romero Rodrigues de autorizar as providências para que fosse realizado o pagamento, seguindo-se às orientações legais do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, todo o processo tem sido acompanhado pela Dra. Celeide Farias, advogada do Instituto Solidarium, com vistas à Controladoria Municipal de Campina Grande, a ser avaliado, aprovado e, posteriormente, encaminhado à Secretaria de Finanças para que o pagamento seja liberado.

São 8 meses de luta no nosso dia-a-dia. Uma verdadeira via-sacra cultural às portas do poder. Não vamos desistir. É uma questão de honra cumprir com o que já o fizemos durante 43 anos, sem interrupção. Não vamos dar tréguas. Mais uma vez, estamos vindo a público expressar nossas mais sinceras desculpas, ao tempo em que pedimos mais um aval de credibilidade. Convocamos todos para se somarem conosco a essa luta. As cobranças e apelos também precisam ser dirigidas à Prefeitura Municipal de Campina Grande, a fim de que o Prefeito possa ser sensibilizado, principalmente diante do momento atual, quando nossos artistas estão sem seu sustento, devido à pandemia do Coronavírus. O Governo do Estado lançou edital, via FUNESC, para amparar o artistas paraibanos neste momento. Essa é a hora do prefeito fazer um ato solidário para com a Cultura Nacional (visto que artistas de todo o Brasil e, também os locais estão sem receber). Precisamos somar as nossas vozes. É com este aval de vocês e com as cinzas da esperança, que iremos nos fortalecer para não desistirmos de nossas utopias. Haveremos de vencer descasos, humilhações, mediocridades, alienações, alucinações de mercados, vírus que matam corpos – e vírus que matam almas – mas não vamos desistir. Não vamos deixar que uma história viva da cultura paraibana/nordestina/brasileira, que resistiu à ditadura e ao AI-5, seja maculada por uma dívida que poderá comprometer a honradez de nossa cultura e de nossa cidade.

O Festival de Inverno, na sua edição para 2020, está cancelado, não só em respeito às advertências da Organização Mundial da Saúde perante à pandemia da COVID-19, mas principalmente por respeito aos artistas que participaram da edição passada e estão sem receber. Não poderemos fazer um Festival, devendo o Festival passado. Os 45 anos do FICG serão celebrados em 2021, sob as bênçãos de todos os deuses e anjos protetores das artes.

Acreditem em nós, na peleja da resistência, aqui e mais uma vez, pisando no tapete da humildade. Com gratidão,

Eneida Agra Maracajá

Presidente do Instituto Solidarium e Fundadora do Festival de Inverno de Campina

Grande

Campina Grande, 30 de março de 2020

Veja também  Em documentário, Maria Valéria Rezende fala sobre o Mulherio das Letras