Prefeitura trabalha com três cenários para realizar o São João de Campina Grande

Administração municipal adiantou que em nenhum dos cenários festa vai ser 100% presencial.

São João Campina Grande Parque do Povo (Foto: Artur Lira/G1 PB)
São João Campina Grande Parque do Povo (Foto: Artur Lira/G1 PB)
São João Campina Grande Parque do Povo (Foto: Artur Lira/G1 PB)

A Prefeitura de Campina Grande trabalha com três possibilidades para realizar o São João em um contexto de pandemia, em 2021. Conforme nota emitida pela prefeitura, nesta terça-feira (2),  o município “dispõe de um projeto de realização do Maior São João do Mundo 2021, tendo por base, pelo menos, três cenários pandêmicos possíveis”.

Ao JORNAL DA PARAÍBA, a assessoria não detalhou as possibilidades, mas adiantou que em nenhum caso a realização do São João vai ser totalmente presencial e que são todas adaptáveis.

Na nota, emitida na manhã desta terça-feira (2), a prefeitura afirma que “jamais  o prefeito Bruno Cunha Lima anunciaria, de forma unilateral, uma decisão de tamanha magnitude, como o cancelamento do Maior São João do Mundo, sem antes ouvir, discutir, avaliar e ponderar, de forma aprofundada, com todos os segmentos cruciais para o sucesso do mais importante evento turístico da Paraíba – nesse caso, o trade turístico, passando pelas empresas patrocinadoras, até os setores envolvidos diretamente na organização e realização da tradicional festa de 30 dias”.

Veja também  Série documental sobre a Chacina de Pioz está em produção na Espanha

Segundo a prefeitura, a festa representa também o mais importante momento econômico do ano para a cidade, depois do Natal. “No ano passado, assim como aconteceu com outros importantes eventos no Brasil e no mundo, nosso São João foi cancelado, corretamente, pelas circunstâncias gravosas e porque, até aquele momento, não havia uma perspectiva clara de vacinação em massa a curto prazo no País”.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por orientação do prefeito Bruno Cunha Lima, vem mantendo diálogo permanente com os segmentos que contribuem e são beneficiados diretamente com o evento.

“Já houve inúmeras reuniões com os principais players e setores econômicos e sociais. No que depender do esforço da Prefeitura de Campina Grande, desde que sejam garantidas todas as precauções e haja uma segurança sanitária na cidade reforçada pela celeridade possível no processo de vacinação, o Maior São João do Mundo poderá ser realizado, sim, com as naturais adaptações que a pandemia impõe aos organizadores de grandes eventos. Campina Grande não se acovarda diante dos desafios”.