Elis Regina morreu há 40 anos. Nara Leão nasceu há 80 anos

19 de janeiro de 2022. Nesta quarta-feira, faz 40 anos da morte de Elis Regina. 19 de janeiro de 2022. Nesta quarta-feira, se estivesse viva, Nara Leão faria 80 anos. Quando morreu de uma overdose de cocaína com cinzano, Elis ia fazer 37 anos. Ao morrer, em junho de 1989, com um tumor no cérebro, Nara tinha 47 anos.

O destino uniu as duas nessa data: 19 de janeiro. A morte de uma. O nascimento da outra. Mas elas foram rivais de verdade. Amaram o mesmo homem – Ronaldo Bôscoli – e brigaram por causa de política. Na década de 1960, Elis ainda não era a mulher politizada da década de 1970 e criticava Nara pela politização desta.

Elis comandou uma passeata contra as guitarras elétricas, e Nara disse que via fascismo e integralismo na manifestação. Não custa reconhecer que Nara estava com a razão.

Veja também  Breno Silveira morreu sem realizar seu grande projeto, o filme sobre Roberto Carlos

Elis Regina e Nara Leão foram duas grandes forças como cantoras do seu tempo. Tiveram coragem de mudar quando julgaram necessário e primaram pela escolha dos repertórios que gravaram e cantaram nos palcos. Nara era cool. Elis era o seu inverso. E, claro, cantava muitíssimo mais.

Os que não foram seus contemporâneos podem perguntar aos que foram que beleza havia naquele Brasil no qual elas viveram, se estávamos numa ditadura. Havia a música que elas e tantos outros fizeram. E havia a esperança que artistas como Elis e Nara representavam.

Que os leitores fiquem à vontade para as comparações.