Paraíba tem janeiro negativo e perde mais de 900 empregos formais

Setores  que mais contribuíram para o resultado negativo foram Comércio e Serviços.

A Paraíba perdeu 951 empregos com carteira assinada em janeiro de 2015 em relação ao mês anterior, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. A queda foi de 0,22%.

Os setores de atividade que mais contribuíram para o resultado negativo foram Comércio, com 533 postos de trabalho a menos; e Serviços, com menos 207 postos. Só tiveram saldos positivos os setores de Indústria de Transformação, que ganhou 124 vagas de trabalho, e Administração Pública, com um posto a mais.

Veja também  Opinião: Há isonomia entre mulheres e homens quando se trata de tributação?

Em janeiro de 2014, o saldo de empregos foi positivo. No período, o estado ganhou 1.065 novos postos de trabalho. No acumulado dos últimos doze meses, o montante de empregos gerados atingiu 13.954 postos de trabalho, correspondendo a um aumento de 3,41%.