Aposentados e pensionistas do INSS sem metade do 13º salário em agosto

O Ministério da Fazenda revelou que a folha de agosto já foi rodada e não contempla os 50% referentes ao abono dos aposentados e pensionistas.

“A antecipação de parte do 13º salário em agosto era a única chance que eu tinha de fazer algo extra para minha família nesta época do ano. Se não vai sair, só posso lamentar”. Esse foi o desabafo do aposentado do INSS Expedito Coelho, 75 anos, e de outros cerca de 600 mil paraibanos que aguardavam o adiantamento do benefício, que não deverá ser mais pago no final deste mês como ocorria há 9 anos.

O anúncio da não antecipação foi divulgado nesta sexta-feira (14) na rádio CBN que, ao citar como fonte o Ministério da Fazenda, revelou que a folha do mês de agosto do INSS já foi rodada e não contempla os 50% referentes ao abono dos aposentados e pensionistas. O ministério teria informado ao veículo que o pagamento antecipado não é obrigatório e uma das razões da decisão foi que as empresas não estão fazendo a transferência da verba do INSS.

OUTRO LADO
A reportagem do JORNAL DA PARAÍBA havia informado da indefinição do pagamento na edição da última quarta-feira. Novamente, a reportagem procurou a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda como o da Previdência Social e ambos não se pronunciaram sobre o assunto, alegando que não tinham nenhum comunicado oficial. Os ministérios também silenciaram sobre qual o novo calendário de pagamento do benefício.

Veja também  Economizando desde cedo: 5 dicas de educação financeira para crianças

A liberação do abono natalino fica sob a dependência da assinatura do decreto presidencial, que no ano passado ocorreu na primeira semana de agosto. Com a demora na divulgação do decreto este ano, entidades brasileiras já previam que a recessão econômica e a política de corte de gastos da presidente Dilma iria barrar este adiantamento.

Como ocorria há 9 anos, o benefício era pago na folha de pagamento de agosto. No ano passado, o calendário de pagamento começou no dia 25 e se estendeu até o dia 8 de setembro. A outra parte do 13º salário costuma ser liberada em novembro, mas tudo ainda está indefinido. “Não sei como a presidente quer que cumpramos nossas obrigações se até este adiantamento ela tira. Agora mesmo está faltando remédio, mas não posso comprar”, queixou-se o aposentado Expedito.

SAIBA MAIS
Apesar de a informação não oficial circular que a folha de agosto já foi rodada sem incluir o abono, o governo está buscando ainda uma alternativa para autorizar o pagamento de parte do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS. Com o aperto no caixa, a presidente Dilma Rousseff ainda não decidiu se vai ou não soltar um decreto autorizando o pagamento.