Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Cresce venda online de alimentos e itens perecíveis

E- commerce tornou-se opção para consumidores que querem evitar contaminação pela Covid-19.

As compras online se tornaram a principal alternativa para quem quer evitar ao máximo qualquer tipo de exposição ao novo coronavírus. Com essa mudança, os consumidores passaram a fazer suas compras abastecedoras online e incluir no pedido também itens perecíveis e frescos que, antes, preferiam comprar pessoalmente nas lojas de supermercados.

De acordo com o  Extra, as compras pelo e-commerce atualmente são seis vezes maiores do que as realizadas em lojas físicas, com um tíquete médio cinco vezes mais alto. O faturamento mensal do site mais que triplicou entre janeiro e julho de 2020, além aumentar em mais de três vezes a representatividade do e-commerce nas vendas como um todo. No Nordeste, as compras pelo www.clubeextra.com.br foram multiplicadas por mais de cinco vezes entre janeiro e agosto de 2020.

Veja também  MRV&CO lança plataforma de conteúdo para discutir o futuro da habitação