Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Tecnologia e economia: empresas paraibanas movimentam mercado local

Resilientes à crise econômica, startups de tecnologia crescem na Paraíba e oferecem serviços antes restritos a grandes polos.

 

 

A área de Tecnologia da Informação (TI) desponta como uma das mais importantes da Paraíba: em pleno crescimento, empresas ligadas a TI, e-commerce e desenvolvimento de softwares correspondiam a 28% das startups ativas em João Pessoa em 2020, de acordo com a Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

“Construímos, nos últimos anos, um ecossistema de Tecnologia da Informação robusto e com capacidade para o fornecimento de serviços e soluções de alto nível, tanto local quanto nacionalmente”, avalia Claudio Piomonte, CEO do YpControl, sistema de gestão financeira sediado em João Pessoa e presidente do conselho diretor da Associação Comercial da Paraíba.

Com uma maior oferta de soluções de TI na Paraíba, a tendência é que cada vez mais empresas do estado recorram ao ecossistema tecnológico local.

“As empresas que consomem tecnologia no mercado paraibano também se tornam mais eficientes e começam a ter diferenciais competitivos ao dinamizar processos, se destacando tanto no cenário local quanto no nacional e beneficiando a economia da Paraíba”, diz Jonas Ieno, CEO da empresa Lieno Tecnologia, que desenvolve hardwares, projetos eletrônicos embarcados e Internet das Coisas.

 

Investimentos em TI beneficiam empresas locais

Se o contexto é positivo para a economia do estado e o setor de Tecnologia da Informação, os empreendedores que se utilizam desses serviços também saem ganhando.

Veja também  Massai Empresarial oferece salas de reunião para locação

É o caso de Patrícia Guedes, proprietária da Ótica Iriel, em Cabedelo, na Grande João Pessoa, que utiliza o sistema de gestão financeira YpControl.

“Meu maior interesse era conseguir uma empresa local que oferecesse o serviço, principalmente por causa dos gastos”, diz Patrícia.

“Com base em minhas pesquisas, teria um gasto maior se fosse recorrer a empresas de outros estados.

Foi extremamente positivo encontrar os serviços necessários aqui na Paraíba”, relata.

 

Investimentos em Tecnologia da Informação movimentam economia

O desenvolvimento do setor vem chamando a atenção dos gestores públicos e atraindo investimentos.

Segundo o programa Farol Digital, a Paraíba reúne mais de 400 empreendimentos atuando no setor de Tecnologia da Informação nas cidades de João Pessoa, Campina Grande – um dos polos tecnológicos do Brasil -, Patos e Cajazeiras.

Visando expandir esse cenário, foi lançado em junho do ano passado o programa Centelha Paraíba, pela Fundação de Apoio à Pesquisa do estado (Fapesq-PB).

O programa estimula a criação de empreendimentos inovadores com investimentos iniciais de R$ 60 mil.

Só no primeiro ano de ações, recebeu 540 propostas.

“Tudo isso reflete os positivos resultados que o setor vem registrando. Empresas de tecnologia conseguem, rapidamente, gerar riqueza e ocupação com alto valor agregado, então é altamente estratégico ter um ecossistema de Tecnologia da Informação com atuação forte no estado”, conclui Piomonte.