O que faz um cientista de dados? Professor da UFPB explica sobre a área no Lá Vem o Enem

Lá Vem o Enem conversou com Aléssio Almeida, professor do curso de ciência de dados para negócios da UFPB.

A necessidade do profissional cientista de dados no mercado fez a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) criar em 2020 o curso de ciência de dados para negócios, o primeiro entre as universidades públicas do Brasil. O Lá Vem o Enem foi procurar saber mais sobre a área, pensando nos alunos que vão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano e ainda não sabem qual curso escolher.

O cientista de dados Aléssio Almeida é professor do curso da UFPB e explicou que o papel principal da profissão é “transformar dados em conhecimento”. Dessa forma, os cientistas de dados podem atuar em bancos, agências de publicidade, em órgãos públicos ou privados, entre outros.

Veja também  Prouni vai aceitar alunos de escolas particulares sem bolsa de estudos

O profissional analisa dados sobre consumidores, finanças e tendências de mercado para ajudar as empresas a guiar as decisões de forma estratégica. Para isso, na graduação, os alunos estudam sobre matemática, estatística, computação, administração e finanças.

No Brasil, o salário inicial de um cientista de dados é em torno de R$ 5 mil.