Rodada no Pio X vale a liderança da 2ª fase da Copa João Pessoa

Servicar enfrenta o QI no primeiro jogo desta noite e, em seguida, o Cabo Branco pega o Clube dos Oficiais em duas novas batalhas pelas vagas na grande final.

Do Jornal da Paraíba

A Copa João Pessoa de Futsal reedita nesta quinta-feira (22) dois confrontos da fase de grupos a partir das 20h, no ginásio do Colégio Pio X, em partidas válidas pelo quadrangular da competição. O Servicar enfrenta o QI no primeiro jogo desta noite e, em seguida, o Cabo Branco pega o Clube dos Oficiais em duas novas batalhas pelas vagas na grande final.

A primeira rodada do quadrangular da Copa JP terminou como iniciou, com todos os quatro times empatados com a mesma pontuação e saldo de gols. O Servicar, que terminou a fase de grupo na primeira colocação da chave ‘A’, empatou com o Clube dos Oficiais por 2 a 2. E o Cabo Branco, outro líder, só que da chave ‘B’, também empatou pelo mesmo placar com o QI.

A duas rodadas da grande final, os dois resultados só contribuíram para acirrar a rivalidade entre os quatro últimos participantes da Copa JP. Tanto que para o técnico do Cabo Branco, Bebeto, a competição ainda nem começou.

“A fase decisiva para a grande final começa mesmo hoje. O outro jogo serviu apenas para avaliarmos como cada time está, pois esta fase representa uma nova competição”, disse o técnico Bebeto.
No jogo de hoje, o Cabo Branco vai rever o principal adversário na fase de grupos, o Clube dos Oficiais. Na ocasião passada, eles venceram o COPM pelo placar de 2 a 1. Apesar do resultado, o técnico Bebeto prefere manter o discurso contra favoritismos que vem empregando durante toda a competição.

“Sabemos que eles têm vários jogadores excelentes, rápidos e experientes. Apesar de o ala Rafael Lima ser o artilheiro deles, o time todo merece destaque. Vai ser um confronto difícil e decisivo para a conquista da vaga para a grande final”, declarou Bebeto.

Veja também  Campeonato Paraibano 2022: clubes e FPF se reúnem nesta segunda-feira para definir fórmula de disputa

No entanto, no Clube dos Oficiais, o jogo está sendo encarado pelo técnico Leucio Laerte (Leucinho) e pelos jogadores como uma grande revanche. No primeiro confronto entre as duas equipes, o ala Rafael Lima, artilheiro do COPM, não participou e Leucinho estava viajando para comandar a Seleção Paraibana sub-17 no Piauí.

“Na última ocasião, não estivemos completo. Agora, eu vou estar à frente do time e Rafael Lima, um dos artilheiros da competição, vai estar em quadra. Vamos ver agora com o nosso time completo e em uma fase decisiva quem sai vitorioso do duelo”, disse o técnico Leucinho.

Em seguida, o Servicar volta a enfrentar o time do QI pela Copa JP. O confronto entre as duas equipes foi a última partida pela chave ‘A’ e a ocasião decidiu o líder do grupo. O Servicar levou a melhor. Venceu o adversário pelo placar de 4 a 2.

“O bom é que já sabemos como o time do QI joga, mas nesta fase todos os times crescem de produção”, disse o técnico da Servicar, Alex Braz.

Já o QI não quer saber de revanche, apesar de ter saído derrotado do último confronto. Com desfalque do fixo Vitor Diego, com lesão no tornozelo esquerdo, o pensamento da equipe é o de sair com a vitória independente dos jogos passados.

“Não existe revanche entre nós. Queremos vencer, pois o empate no jogo passado não foi bom”, disse o técnico do QI, Pierre.