Até Muricy vai desfalcar o Santos

Motivada depois de bater o Botafogo, com uma grande atuação dentro de casa, a equipe santista espera embalar uma boa sequência de resultados, para afastar definitivamente qualquer chance matemática de rebaixamento, por mais remota que seja, visando dar inicio ao período de preparação para o Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

“Temos que manter a cabeça boa e somar pontos para podermos começar a pensar no Mundial. Porém, foi como eu falei antes do jogo contra o Botafogo: o nosso objetivo é retomar o bom futebol para chegar bem em Abu Dhabi”, afirmou o goleiro Rafael.
No entanto, o Alvinegro Praiano tem algumas ausências importantes para o confronto com o Rubro-Negro. Os meias Elano e Paulo Henrique Ganso seguem em tratamento de suas lesões e ainda não reúnem condições de jogo. O lateral Pará, que também se recupera de contusão, é outro vetado pelo departamento médico do clube.

Veja também  Campinense estreia nesta terça-feira no Nordestão, e volante Rafinha acredita em bom resultado diante do Náutico

Além deles, o lateral esquerdo Léo chegou a ser liberado pelos médicos, mas como voltou a acusar dores no tendão do pé esquerdo, foi vetado e não pega o Fla. O atacante Borges, artilheiro do Brasileirão, com 22 gols, recebeu o terceiro cartão amarelo.
O Santos também não poderá contar com o seu técnico, Muricy Ramalho. O treinador teve uma crise de hérnia de disco durante a semana, que o impediu de viajar para o Rio. Tata será o comandante interino.