Dirigente diz que derrota serve de alerta para o Campinense

Após derrota contra o Baraúnas-RN na rodada passada, Marquinhos Mossoró cobrou melhor desempenho dos jogadores.

Um desempenho muito abaixo do esperado. Foi assim que o gerente de futebol do Campinense, Marquinhos Mossoró, repercutiu a atuação da equipe rubro-negra após a derrota por 2 a 1 para o Baraúnas-RN, jogando fora de casa, no último domingo.
Segundo o dirigente, alguns atletas não desempenharam um bom papel no jogo contra o time potiguar, o que acabou refletindo no resultado final da partida. Marquinhos disse também que essa é a hora “de ligar a luz de alerta”.

“A gente vai ter que dar um puxão de orelha no pessoal. Tivemos um desempenho muito fraco. Praticamente não demos nenhum chute a gol em todo o primeiro tempo, coisa que em um time da qualidade do Campinense não pode acontecer”.

Veja também  Governo do Estado aumenta limite de público em Almeidão e Amigão para 30% da capacidade

Com a derrota, a Raposa parou nos dez pontos e caiu para a segunda colocação do Grupo A3, sendo ultrapassado justamente pelo Baraúnas. Agora a preocupação se volta para o confronto do próximo sábado, contra o Ypiranga, no Amigão. A partida estava inicialmente marcada para o domingo, mas, por conta do jogo do Treze pela Série C, foi antecipada.

A Raposa pode ter de volta ao time titular quatro atletas (Warley, Potita, Breno e Adriano Felício) que ficaram de fora do jogo em Mossoró por problemas físicos.