Novo decreto na Paraíba mantém veto a público em eventos esportivos

Estádios vão seguir sem receber torcida pelo menos até o fim da primeira quinzena de setembro.

(Foto: Dionisio Outeda/98 FM/ge)

O Governo da Paraíba decidiu manter as medidas restritivas impostas nos dois decretos anteriores. Diante disso, os eventos esportivos vão ter que aguardar mais um pouco para voltar a contar com a presença de público. E agora a preocupação das autoridades sanitárias aumentou, já que 25 casos da variante Delta foram confirmados nessa terça-feira. Vale ressaltar que o novo decreto é válido até o fim da primeira quinzena de setembro.

A primeira quinzena de setembro vai marcar o encerramento da fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro, mas somente o Campinense, já classificado, vai jogar em casa diante do Caucaia. O Treze, que está eliminado, vai visitar ABC no fim de semana, enquanto o Sousa, ainda lutando pela vaga no mata-mata, vai medir forças com o Atlético-CE. As duas próximas semanas ainda vão contar com um jogo do Botafogo-PB no Almeidão, que acontece neste domingo, contra o Tombense, pela 15ª rodada da Série C.

Também é importante citar que os dois jogos finais do Campeonato Paraibano Sub-19, entre Confiança-PB e Perilima, vão ser disputados nesta semana. Nesta quarta-feira, às 15h, o Amigão, em Campina Grande, vai ser o palco do confronto de ida, enquanto na sexta, no mesmo horário, tem a partida de volta no Toca do Papão, em Sapé.

 

Seleção feminina comemora gol
Seleção feminina vai desembarcar na Paraíba no segundo semestre deste mês (Foto: AFP)

 

Com a manutenção pelo estado, a tendência é que os municípios como João Pessoa e Campina Grande sigam com as medidas restritivas impostas pelos últimos decretos, ou seja, também proibindo a presença de público nos eventos esportivos.

Veja também  Reinaldo projeta Nacional de Patos forte no Campeonato Paraibano e confirma fim do vínculo com a Perilima

Seleção brasileira feminina vai jogar na Paraíba na segunda quinzena de setembro

Um fato que está gerando expectativa, principalmente na população de João Pessoa e Campina Grande, é o jogo da seleção brasileira feminina. Na segunda quinzena deste mês, mais precisamente nos dias 18 e 21, Marta e companhia vão entrar em campo para encarar a Argentina em dois amistosos. O primeiro jogo está marcado para o Almeidão, enquanto o segundo vai ser no Amigão.

Recentemente, Michelle Ramalho, presidente da FPF, e Cícero Lucena, prefeito de João Pessoa, visitaram a CBF (Foto: Instagram / Cícero Lucena)

Existe a expectativa pela liberação de público para os dois jogos. Uma entusiasta da ideia é a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho. A dirigente, inclusive, abriu diálogos com as autoridades para conseguir esse aval.

Quem também se mostrou favorável à presença de torcedores no jogo da seleção feminina foi o secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha. Em entrevista ao Bom dia Paraíba dessa terça-feira, ele afirmou que vai lutar por essa liberação.

Delta é a grande preocupação

Antes das partidas, um novo decreto vai ser publicado pelo Governo da Paraíba e também pelos municípios. No entanto, a grande preocupação do momento são os casos confirmados da variante Delta. Segundo o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, em entrevista ao blog Pleno Poder, do Jornal da Paraíba, os pesquisadores identificaram 22 amostras com a variante Delta e 3 com mutações da Delta.