VF4 marca seletiva para avaliar jogadoras e complementar seu elenco de futebol feminino

Clube de João Pessoa planeja disputar o Campeonato Paraibano e buscar o título para representar o estado na Série A3 do Brasileirão em 2022.

Foto: Bianca Serrano / VF4

Estrear no cenário nacional logo no ano seguinte à formação do seu time de futebol feminino. Essa é a meta do VF4, equipe que pertence ao lateral-direito do Grêmio, Victor Ferraz, e que realizará no próximo domingo, a partir das 14h, no Funcionários II, em João Pessoa, uma “peneira” com jovens a partir de 15 anos de idade.

Atualmente, o VF4 conta com todas as categorias juvenis, desde o sub-13 até até o sub-20. Fundado em 2017, ainda como um projeto social, virou clube em 2018 e, com pouco tempo de fundação, já conseguiu resultados expressivos, disputando por dois anos consecutivos a Copa do Brasil Sub-17, na categoria masculina. Em 2021 a equipe foi eliminada ainda na primeira fase da competição nacional pelo Fluminense, no estádio Almeidão, em João Pessoa.

O idealizador do projeto, o lateral Victor Ferraz, se mostrou confiante com a possibilidade de montar uma equipe no futebol feminino, e afirmou que a ideia sempre foi vislumbrada e apoiada por todos do clube. O gremista ainda revelou que a meta é conquistar a vaga na Série A3 do Brasileirão Feminino do próximo ano, que irá para o campeão do Campeonato Paraibano Feminino.

“Iniciar o futebol feminino é motivo de alegria para todos nós. Sempre foi um desejo em nosso coração e que agora podemos realizá-lo. Espero que seja um projeto duradouro e de muito sucesso. Cada vez mais queremos dar oportunidades às nossas garotas. Queremos que elas tenham uma boa qualidade de treinamento e de jogos e depois possam seguir suas carreiras. Também queremos nos firmar como um clube muito forte no cenário brasileiro com as meninas”, afirmou.

Veja também  Sousa divulga imagens do novo uniforme que o time usará na temporada 2022

Pedro Henrique Ferraz, VF4
Pedro Henrique Ferraz (no centro da imagem), ressalta importância do investimento na representatividade feminina no futebol paraibano (Foto: Lucas Barros / VF4)

A inclusão e a representatividade feminina no mundo do futebol também é uma das pautas defendidas pelo clube. De acordo com o diretor geral do VF4, Pedro Henrique Ferraz, a formação do time feminino será um marco para o futebol no estado e todas as meninas a partir dos 15 anos estão convidadas a fazer parte deste tão importante projeto.

“Será um marco começarmos esse time feminino. Queremos alcançar o máximo de meninas possíveis a partir dos 15 anos. Vamos ter meninas mais experientes e queremos que elas sejam integradas com as que estão começando agora. Vamos buscar fazer um grande trabalho. Estamos montando uma comissão técnica forte para brigar pelos objetivos propostos” finalizou.