Técnico do Botafogo-PB vê confrontos difíceis na próxima fase da Série C, mas garante time forte

Gerson Gusmão analisou a classificação do Belo e projetou duelos contra Paysandu, Ituano e Criciúma, adversários no Grupo C

Gerson Gusmão, técnico do Botafogo-PB | Foto: Divulgação / Botafogo-PB

No último sábado o Botafogo-PB empatou com o Santa Cruz em 1 a 1, na Arena Pernambuco, e o resultado foi suficiente para o Belo garantir a classificação para a fase decisiva da Série C, pois Ferroviário e Manaus não venceram seus jogos. O técnico Gerson Gusmão falou da partida, analisou os próximos adversários e fez questão de afirmar que seu time entrará forte em busca do acesso para a Série B do Brasileiro.

O Botafogo-PB precisava de uma vitória simples, contra o já rebaixado Santa Cruz, para garantir sem maiores sufocos a classificação para a segunda fase da Série C, mas não foi tão simples quanto se esperava, com o empate, a vaga só se consolidou devido aos tropeços de Ferroviário e Manaus, que brigavam diretamente por uma das vagas no G-4 e não venceram seus confrontos. Gerson Gusmão falou sobre a classificação e analisou o desempenho de seu grupo na partida.

Foi uma classificação suada, difícil, mas dentro daquilo que a gente sabia que a competição seria. O grupo sempre foi nivelado. Nossa equipe fez um grande jogo, no primeiro tempo já poderia ter definido o placar, perdemos muitas oportunidades e no futebol quando você não marca, acaba proporcionando ao adversário continuar vivo e ter esperanças no jogo, que foi o que aconteceu, sofremos o gol de empate. Felizmente o empate também foi importante para nós, esse ponto soma do nos deu a classificação – disse o técnico.

Veja também  Botafogo-PB enfrenta o Criciúma neste sábado, em busca de sua primeira vitória na fase final da Série C

 

Gerson Gusmão. Foto: Guilherme Drovas / Botafogo-PB

 

Classificado na terceira colocação do Grupo A da primeira fase, no novo chaveamento o Belo caiu no grupo C, ao lado de Paysandu, Criciúma e Ituano. O Alvinegro da Estrela Vermelha, que é o único time do Nordeste que segue na competição, terá pela frente mais seis partidas no novo grupo, para tentar conquistar o acesso. O comandante do Belo projetou a nova etapa, garantindo que o Belo vai entrar forte.

Agora é uma outra competição, uma outra realidade, são quatro equipes disputando duas vagas. Todo mundo quer subir, todo mundo quer esse acesso, nós vamos encontrar dificuldades contra as três equipes. O Paysandu já enfrentamos e felizmente tivemos duas vitórias, mas isso não quer dizer nada, vamos ter que construir as vitórias novamente para aí sim ter uma vantagem. O Ituano sempre briga bem, é do futebol paulista, que tem muito investimento e muita qualidade, e o Criciúma se reformulou depois de um estadual ruim e fez uma grande Série C. É dureza sim, mas o Botafogo-PB também vai entrar forte – finalizou Gusmão.

O técnico do Belo tem uma semana de treinos até o próximo confronto, que abre a fase decisiva da Série C. O primeiro jogo acontece no Estádio Almeidão, contra o Ituano. A tabela detalhada com data e horário ainda será divulgada pela CBF.