No Amigão, Campinense finaliza preparação de olho no jogo do acesso contra o América-RN

Sem desfalques na equipe titular, tendência é que técnico Ranielle Ribeiro repita e escalação que enfrentou o Dragão na Arena das Dunas, no último sábado

O Campinense encerrou na manhã desta sexta-feira, no gramado do Estádio Amigão, em Campina Grande, a sua preparação para a partida decisiva que fará contra o América-RN, na tarde deste sábado, que vale o acesso à Série C de 2022. Sem lesões ou suspensões, a tendência é que o técnico Ranielle Ribeiro faça poucas alterações na equipe titular em relação àquela que entrou em campo no último sábado contra o mesmo América, na Arena das Dunas, em Natal.

 

Ponto alto da partida do último sábado, é quase certa a manutenção do bloco defensivo para o jogo de amanhã. Com isso, o goleiro Mauro Iguatu, os zagueiros Michel Bennech e Ítallo, além dos laterais Felipinho e Filipe Ramon deverão iniciar os últimos 90 minutos que separam a Raposa do tão sonhado retorno à Terceirona do Brasileirão.

 

No ataque, a trinca Fábio Lima, Marcos Nunes e Anselmo devem, mais uma vez, ter a missão de, ainda no tempo regulamentar, estufar as redes americanas e carimbar, ainda nos 90 minutos, a passagem rubro-negra às semifinais da 4ª divisão. A grande dúvida que permeia a torcida está na entrada do atacante Matheus Régis (que foi muito bem no último jogo) no time titular, algo que só deve ser respondido minutos antes de a bola rolar no Ernany Sátiro.

Campinense
Foto: Samy Oliveira / Campinense

Veja também  Copa do Nordeste: Botafogo-PB, Campinense e Sousa conhecem os seus caminhos no regional de 2022

 

Com isso, a tendência é que o Campinense inicie a partida contra o América de Natal com o futebol de: Mauro Iguatu; Felipinho, Michel Bennech, Ítalo e Filipe Ramon; Rafinha, Serginho e Marcelinho; Fábio Lima, Marcos Nunes e Anselmo.

 

O único desfalque que o técnico Ranielle Ribeiro deve ter para a partida é o lateral-direito Dênis, que ainda não se recuperou de um ferimento na perna oriundo da briga entre torcedores organizados do Dragão e atletas do Rubro-Negro após a partida do último sábado, e em decorrência disso, não participou de nenhum treinamento do time no decorrer da semana, devendo ser a única baixa certa da comissão técnica raposeira para a partida.

 

Vale lembrar que após o empate por 0 a 0 no jogo de ida, no último fim de semana, na Arena das Dunas, uma vitória basta para classificar a equipe vencedora às semifinais da Série D do Brasileirão e, consequentemente, à terceira divisão do Campeonato Brasileiro de 2022. Em caso de empate o acesso será decidido nos pênaltis.