Phelipe Cordeiro descarta reeleição, e Danylo Maia ganha força para sucessão no Campinense

Presidente da Raposa, em postagem em seu perfil em rede social, garantiu que não vai concorrer nas próximas eleições

(Foto: Samy Oliveira / Campinense)

Dever cumprido. É esse o sentimento do presidente do Campinense, Phelipe Cordeiro, após o acesso do clube para a Série C do Campeonato Brasileiro, conquistado nesse sábado, nos pênaltis, diante do América-RN. Dois dias depois do feito, o dirigente foi para as redes sociais e fez um texto de despedida, que só deve se consumar de fato no dia 31 de dezembro, quando acaba seu mandato no clube.

Fato é que Phelipe Cordeiro garantiu que não vai concorrer à reeleição. Será mesmo um único mandato. É o que diz o jovem dirigente, que assumiu o clube no fim do ano passado, após uma crise institucional que resultou em algumas renúncias.

– Com o sentimento de dever cumprido e o coração carregado de gratidão, estou publicando essa mensagem para informar que não irei concorrer à reeleição para a presidência do Campinense. Com responsabilidade e muita transparência mostramos que é possível elevar o Campinense para onde ele nunca deveria ter saído. Campeão Paraibano e a nossa maior conquista, que foi o tão sonhado acesso à Série C – comentou.

Veja também  Mangabeira bate o Roger e fica com o título da Copa João Pessoa de Futebol

Foto: Arquivo pessoal

Com essa definição mais clara sobre o seu futuro, agora a expectativa é de quem vai concorrer nas eleições. A tendência é que apenas uma chapa concorra. E que seja do grupo político de Phelipe Cordeiro, a situação.

Há algumas semanas, o blog Entre Linhas, do Jornal da Paraíba, falou do tabuleiro político rubro-negro. Nomes como os de Willian Simões, ex-presidente da Raposa, Danylo Maia, atual diretor de marketing, e Rômulo Farias, atual diretor de futebol estavam em debate nos bastidores.

Nos últimos dias, o nome de Danylo ganhou mais força e é possível que ele seja alçado à condição de candidato nos próximos dias. O processo eleitoral no Campinense está marcado para o dia 7 de novembro.