Paiva renuncia presidência interina do Treze; João Targino assume o cargo

Quando tomar posse, presidente do Conselho Deliberativo será o terceiro dirigente a assumir o cargo de presidente do Galo apenas em 2021

(Foto: Reprodução / TV 13)

Apenas 16 dias após assumir a presidência interina do Treze, o empresário João Paiva Filho assinou na manhã desta quarta-feira a sua carta de renúncia. Com a decisão, a Diretoria Executiva do clube ficará sob o comando do presidente do Conselho Deliberativo do clube, João Targino Alves, terceiro nome a assumir a cadeira de presidente apenas em 2021. 

Não é de hoje a insatisfação da torcida do Treze com a alta cúpula do clube, muito por isso existe a expectativa da convocação de novas eleições para a posse de uma nova Executiva. No entanto, os trâmites só devem acontecer caso o presidente Walter Cavalcanti Júnior, afastado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido ao não pagamento de despesas referentes à partida contra o América-MG, pela Copa do Brasil de 2021, também renuncie ao seu cargo. 

Carta renúncia paiva
(Foto: reprodução / Redes Sociais)

Veja também  Paraibano Feminino de Futebol: rodada final da 1ª fase vai apontar último semifinalista

 

Paiva assumiu a presidência do Treze no último dia 4 de outubro, quando o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) Em um momento turbulento, o dirigente chegou a ir à imprensa falar sobre o difícil momento em que vive o clube no aspecto financeiro, mas prometeu empenho por uma remontada logo na partida contra o Floresta, pela primeira fase do pré-Nordestão, o que acabou não acontecendo. 

Na carta assinada por Paiva que circula nas redes sociais, o agora ex-dirigente afirma que os motivos que o levaram a tomar essa decisão foram “particulares e profissionais”. Em suas palavras, o trezeano ainda pede desculpas a funcionários e membros da diretoria por alguns erros cometidos e afirma que a renúncia foi anunciada com aperto no coração. O empresário deixa o clube com os salários de atletas, comissão técnica e funcionários referentes a setembro quitados.