Com passagens por Auto Esporte-PB e CSP, ex-volante Gildo está desaparecido após cair em canal, na cidade de Olinda

Ex-volante voltava para casa quando foi arrastado pela força da correnteza oriunda das fortes chuvas que tem caído na região metropolitana de Recife; Bombeiros seguem nas buscas

Corpo de Gildo é encontrado no Recife. Foto: Amauri Aquino / GloboEsporte.com/pb

Aureogildo Antônio de Vasconcelos Júnior, ou Gildo, como é conhecido no mundo do futebol, está desaparecido desde a madrugada da quarta-feira. De acordo com informações repassadas por familiares do ex-volante, ao tentar passar pela Avenida Presidente Kennedy, que ficou alagada após as fortes chuvas que atingiram Olinda, no Grande Recife, o ex-atleta de Auto Esporte-PB e CSP terminou caindo em um canal e sendo levado pela correnteza.

O Jornal da Paraíba conversou com Agildo Antônio de Vasconcelos, irmão de Gildo. Ele explicou que o ex-jogador, que tem 36, resolveu passar pela avenida caminhando e empurrando a sua moto, mas acabou sendo arrastado pela força da água. Gildo atualmente trabalha como encarregado na Defesa Civil de Recife.

Na manhã da quarta-feira uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local, avaliou o cenário da ocorrência e informou que, apenas quando o nível da água baixasse, as buscas poderiam ser realizadas. À tarde, com o nível de água mais baixo, moradores da área entraram no canal para procurar Gildo e encontraram a sua motocicleta submersa no fundo do canal.

Familiares do motociclista que desapareceu fecharam a avenida pedindo que os bombeiros iniciem a busca no canal — Foto: Mario Carvalho/TV Globo
Familiares e amigos de Gildo fecharam a avenida pedindo que os bombeiros iniciem a busca no canal — Foto: Mario Carvalho/TV Globo
Nas redes sociais, chegou a circular a informação de que o corpo do ex-jogador teria sido encontrado. No entanto, a informação foi desmentida por familiares e pelo Corpo de Bombeiros de Pernambuco, que, através de sua assessoria de imprensa, afirmou que a equipe da Unidade Tática de Mergulho segue trabalhando na ocorrência. As buscas por Gildo neste momento estão concentradas nas imediações da PE-015, numa área conhecida como “Ponte Preta”.

Natural de Recife, Gildo iniciou a sua trajetória no futebol paraibano em 2010, quando fez a sua primeira de quatro passagens pelo Auto Esporte-PB. Além do Macaco Autino, “Gildorf”, como foi carinhosamente apelidado pela torcida alvirrubra, defendeu também as cores de CSP, Flamengo-PB, Santa Cruz de Santa Rita e Spartax. Fora da Paraíba, o ex-volante atuou também por Timbaúba-PE e Penedense-AL.

Veja também  Ministério Público recomenda que clubes paraibanos joguem após o dia 3 na Paraíba ou sem torcida nos estádios