TRE cassa vereadora de Zabelê por infidelidade partidária

Corte do Tribunal não aceitou as justificativas da vereadora e decidiu pela perda do mandato movido pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Da Redação
Com assessoria do TRE

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) cassou, na sessão desta quarta-feira (29), a vereadora do município de Zabelê, Anahy Samarah Ferreira Neves por infidelidade partidária.

De acordo com a Casa, a vereadora saiu do Partido Democrático (DEM), em outubro de 2007 e filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), alegando mudança substancial de programa partidário, grave discriminação pessoal e ameaça de não obter legenda no pleito.

Veja também  Biliu de Campina é internado novamente após apresentar edema pulmonar

A Corte do Tribunal não aceitou as justificativas da vereadora e decidiu pela perda do mandato movido pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). “A requerente não conseguiu demonstrar nenhuma causa para desfiliação”, disse o relator do processo, o juiz Nadir Leopoldo Valengo.

A Câmara Municipal de Zabelê deve empossar o suplente mais votado do DEM em até dez dias da publicação dessa decisão.