Bento XVI celebra pesquisas conduzidas por Galileu

Papa apóia iniciativa de fazer de 2009 o Ano Internacional da Astronomia. Data marcará 400 anos das primeiras observações com um telescópio.

Do G1

O Papa Bento XVI também entrou nas celebrações dos 400 anos do primeiro uso de um telescópio na astronomia, pelo cientista italiano Galileu Galilei.

Por conta do marco histórico, a Unesco declarou 2009 Ano Internacional da Astronomia, e o sumo pontífide disse neste domingo (21) que queria saudar todos os que participavam da organização dos eventos do ano que vem.

Bento XVI disse que a compreensão das leis da natureza pode estimular a compreensão e apreciação dos trabalhos de Deus.

Veja também  Adolescente suspeita de perfurar pescoço do filho com caneta foi estuprada e engravidou aos 11 anos

Quem te viu, quem te vê

A Igreja Católica condenou Galileu, no século 17, por apoiar a teoria copernicana de que a Terra girava ao redor do Sol; os ensinamentos religiosos, naquela época, colocavam a Terra no centro do universo.

Em 1992, o Papa João Paulo II pediu desculpas, dizendo que a condenação de Galileu foi um trágico erro.