Internas são transferidas após confusão em centro de reeducação

Tumulto aconteceu na noite da terça-feira (3). Meninas quebraram vidros e algumas grades, além de circularem por áreas proibidas.

Na noite da terça-feira (3) quinze meninas que cumprem medida socioeducativa na Fundação Casa Educativa (FCE), localizada no Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, foram transferidas para o Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE) após um tumulto ser registrado na fundação.  No momento da confusão, 34 meninas, entre crianças e adolescentes, estavam internas na Fundação Casa Educativa, segundo funcionários da Cendac.

Ainda de acordo com testemunhas que trabalham na Cendac, as garotas iniciaram o tumulto por volta das 19h. Conforme relato, as adolescentes quebraram os móveis dos quartos, algumas grades do prédio e tiveram acesso a uma área proibida às internas. A Polícia Militar foi acionada para controlar a situação. O tumulto só foi normalizado por volta de meia-noite.
 
O CSE, que fica localizado em Mangabeira, na zona sul de João Pessoa, é destinado aos rapazes que cumpre algum tipo de medida socioeducativa.
 
O JORNAL DA PARAÍBA tentou contato com a Fundação do Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac), que é responsável pela administração dos centros de reeducação de jovens e adolescentes em conflito com a lei, mas a ligações não foram atendidas.

Veja também  Polícia Federal prende homem que encomendava roubos para desmanches na Paraíba