‘Parece um kart’: empresário paraibano que ‘não cabe’ em carro de luxo faz sucesso

Conversível era o sonho de Diego, que comprou o carro a um amigo, que não aceitou devolução.

Paraibano compra carro de luxo a amigo e ‘não cabe’ no veículo / Foto: Diego Alexandre
‘Parece que tá num kart’, diz paraibano que vendeu carro a amigo que ‘não coube’ no veículo
Paraibano compra carro de luxo a amigo e ‘não cabe’ no veículo / Foto: Diego Alexandre

Vermelho. Potente. Um desejo realizado. Dessas três qualidades parte a definição do sonho de consumo do empresário paraibano Diego Alexandre, de 36 anos: uma Mercedes-Benz SLK 200, ano 2012. O carro ele conseguiu, mas também se deparou com um pesadelo. No alto de 1 metro e 93 centímetros de altura, ele não cabe no veículo.

A surpresa desagradável, que teve como cenário a cidade de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, foi gravada e publicada em redes sociais. E não deu outra. A agonia de Diego do Leite, como o comprador frustrado prefere ser chamado, viralizou na internet. “Era um sonho ter um carro desse conversível”, desabafou Diego.

O vídeo gravado pelo advogado Eric Silva, de 38 anos, ganhou até uma referência de peso do universo dos games: ele tem sido comparado ao jogo Mario Kart. “Parece que tá num kart”, disse o advogado aos risos.

O JORNAL DA PARAÍBA inclusive fez uma montagem com a comparação entre Diego e Mario no jogo. (veja abaixo) 

Eric comprou o possante há cerca de três anos. Diego, que se apaixonou pelo modelo esportivo, disse logo ao amigo que tinha a intenção de comprá-lo. Há pelo menos duas semanas, Eric decidiu fazer um investimento e resolveu vender o carro. Diego aceitou a oferta de primeira.

No pagamento, o empresário entregou uma Mercedes no modelo sedan que já tinha e bancou a diferença do valor entre os veículos em dinheiro.

Veja também  Campina Grande muda trânsito na Rua Osvaldo Cruz para reduzir acidentes

Motorista que não coube em Mercedes é comparado com Mario Kart
Motorista que não coube em Mercedes é comparado com Mario Kart / Foto: Diego Alexandre

Diego buscou a nova aquisição em uma oficina, onde o veículo passou por reparos no ar condicionado. A animação que tomava conta dele quando chegou ao local, logo foi trocada pela frustração de um detalhe que o fez desistir da compra.

Ele sonhava com o carro, mas nunca havia entrado nele. Depois de fazer todos os ajustes possíveis no banco do motorista, ele se deu conta que não cabe no veículo com a capota fechada.

O novo proprietário quis o dinheiro de volta, mas o vendedor já tinha gastado parte do dinheiro que recebeu. “Observei algo diferente e liguei pra ele pra resolver. Eu já tinha dito que não tinha como desfazer o negócio. Já fui [encontrar Eric] estressado”, confessou.

Depois de seis anos de amizade, a dupla andou até se estranhando, mas Eric prometeu um novo carro ao amigo, que aceitou a proposta e aguarda pelo automóvel.

Advogado que vendeu carro a amigo que não coube no veículo
Advogado que vendeu carro a amigo que não coube no veículo / Foto: Diego Alexandre

 

Enquanto o novo carro não chega, Diego tem protegido a cabeça com um capacete. Segundo a Polícia Rodoviária Federal da Paraíba (PRF-PB), ele não está cometendo nenhuma infração de trânsito, mas está vulnerável a acidentes.

Depois do sufoco, ele se tornou uma celebridade e está aproveitando o momento. É visto de longe e reconhecido por onde passa.