CRM-PB constata condições insaluberes e interdita USF em Caaporã

Unidade tem problemas estruturais, mofo e infiltração.

Divulgação/CRM-PB
Divulgação/CRM-PB

O Departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente, na tarde desta quarta-feira (19), a Unidade de Saúde da Família Piquete, localizada no município de Caaporã. Durante a vistoria, realizada após denúncias, foi identificado que o local é insalubre para o exercício da medicina e não oferece condições para o atendimento digno para a população.

A interdição ética do CRM-PB já está em vigor e proíbe que os médicos prestem seus serviços no local, até que se tenha condições de oferecer uma assistência adequada à população e se tenha segurança para o ato médico.