MEC publica editais do Sisu, Prouni e Fies para segundo semestre; veja datas

Candidatos que fizeram o Enem 2020 vão poder usar as notas pela primeira vez, já na seleção do primeiro semestre foram aceitas notas de edições anteriores.

Foto: André Melo Andrade/Myphoto Press/Estadão Conteúdo

Foram publicados nesta segunda-feira (28) os editais com datas e regras para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (Prouni) e Financiamento Estudantil (Fies). O documento foi divulgado na edição do Diário Oficial da União.

Candidatos que fizeram o Enem 2020 vão poder usar as notas pela primeira vez, já que na seleção do primeiro semestre foram aceitas notas de edições anteriores. O Prouni e o Sisu aceitarão apenas as notas do Enem 2020, que teve um alto índice de abstenção em virtude da pandemia da Covid-19. Já o Fies deve permitir o uso das notas do Enem de 2010 a 2020.

Veja abaixo as datas:

  • Prouni: de 13 a 16 de julho
  • Fies: de 27 a 30 de julho
  • Sisu: de 3 a 6 de agosto

Não há informações sobre o prazo de abertura de vagas remanescentes do Fies, mas a previsão do Ministério da Educação (MEC) é que o processo seja aberto entre 8 a 10 de setembro e 27 a 29 de outubro.

Prazos do Sisu:

  • Inscrição: 3 a 6 de agosto por meio do site http://sisu.mec.gov.br
  • Resultado: 10 de agosto
  • Período de matrícula: 11 a 16 de agosto
  • Inscrição na lista de espera: 10 a 16 de agosto

O Sisu seleciona estudantes para ingressar em instituições de ensino superior de todo o país. A lista de espera por turno, curso e modalidade de concorrência deve ser divulgada pelas instituições de ensino. O

A divulgação da lista de espera por turno, curso e modalidade de concorrência deverá ser feita pelas instituições de ensino. O edital prevê que é responsabilidade do candidato acompanhar as páginas eletrônicas das instituições para não perder os prazos.

Prazos do Prouni:

  • Inscrições: 13 a 16 de julho
  • 1ª chamada: 20 de julho
  • Comprovação das informações: 20 a 28 de julho
  • 2ª chamada: 3 de agosto
  • Comprovação das informações: 3 a 11 de agosto
  • Inscrição na lista de espera: 17 e 18 de agosto no site http://siteprouni.mec.gov.br
  • Divulgação da lista de espera para as instituições de ensino: 20 de agosto
  • Comprovação das informações: 23 a 27 de agosto

Veja também  Paraíba tem 443.739 casos confirmados de Covid-19 e 9.367 mortes da doença

Pode concorrer ao Prouni estudantes que:

  • Fez ensino médio em escola pública ou foi bolsista integral em escola particular
  • É estudante com deficiência, de escolas públicas e privadas
  • Não tem diploma de graduação
  • Fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020
  • Tirou 450 pontos na média das notas do exame
  • Não zerou na redação
  • Tem renda familiar mensal bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo, para bolsa integral
  • Tem renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 salários mínimos para bolsas parciais (50%)
  • Ser professor da rede pública trabalhando na educação básica – independente da renda

O programa oferece bolsas de estudo para estudantes que desejam cursar o ensino superior em instituições privadas. São concedidas bolsas integrais e parciais.

 

Prazos do Fies:

  • Inscrições: de 27 a 30 de julho
  • Resultados (pré-selecionados): 3 de agosto
  • Complementar inscrição: 4 a 6 de agosto, no site http://fies.mec.gov.br
  • Convocação da lista de espera: 4 a 31 de agosto (quem não foi pré-selecionado na chamada única é automaticamente incluído na lista de espera).

O Fies oferece crédito para estudantes pagarem as mensalidades em instituições privadas com juros zero ou variados. O candidato pode usar as notas obtidas em uma das edições do Enem entre os anos de 2010 e 2020.

  • Juro zero: voltado a estudantes com renda mensal familiar de um a três salários mínimos;
  • Juros variados (P-Fies): direcionado a alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.