Suspeito de cerca de 30 homicídios fica ferido após pular de prédio para tentar fugir da polícia

Ele tentou fugir da polícia pulando do 3º andar de um prédio, mas quebrou braço e costelas.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Um homem suspeito de cometer cerca de 30 homicídios em Pernambuco ficou ferido após pular do terceiro andar de um prédio no bairro do Bessa, em João Pessoa, para tentar fugir da polícia, na manhã desta sexta-feira (30). Ao pular do 3º andar, ele quebrou o braço e costelas.

Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, o suspeito, de 35 anos, era um dos principais procurados do estado. Após a queda, ele foi socorrido para o hospital e está internado em estado grave.

Conforme a Polícia de Pernambuco, na quinta-feira (29), os policiais descobriram que o suspeito estava escondido em um apartamento no bairro do Bessa, em João Pessoa. Contra ele havia seis mandados de prisão em aberto por homicídios.

A unidade de saúde informou que o homem deu entrada no hospital às 7h12 desta sexta-feira e está internado em estado grave, sob custódia da Polícia Civil.

Suspeito estava foragido desde 2017

Conforme a polícia de Pernambuco, o homem havia sido preso em 2011 e, na época, era citado como autor de cerca de 30 homicídios no Recife. Foragido do presídio em 2017, ele teria cometido outros homicídios na capital pernambucana, sendo a maioria por encomenda.

Ainda segundo a Polícia Civil, o homem faz parte de uma associação criminosa do Recife, com atuação prioritária na Zona Norte da capital pernambucana, e nos municípios de Olinda e Paulista.

Para prender o suspeito na manhã desta sexta, participaram da ação quatro equipes com 16 policiais, que fizeram campana no entorno do prédio onde o homem estava escondido.