Campina Grande deve aumentar frota de ônibus após retorno das aulas

As aulas presenciais da rede pública devem ser retomadas na segunda quinzena do mês de setembro.

Paralisação de ônibus em Campina Grande. Foto: Artur Lira/TV Paraíba
Foto: Artur Lira/TV Paraíba
Um aumento na frota de ônibus deve acontecer a partir de setembro, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Segundo a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), alguns ônibus voltarão a funcionar de acordo com o retorno das aulas híbridas nas escolas e universidades.
Segundo Araci Brasil, gerente de transporte da STTP, em Campina Grande, as escolas e universidade devem passar as informações sobre os horários de funcionamento, para que a STTP possa aumentar a frota de acordo com a demanda e não correr o risco de fazer os ônibus circularem pela cidade sem passageiros.
“Fizemos um acordo em termos de horários de entrada e saída de funcionários e estudantes para que, a priori, as frotas possam aumentar em horários específicos para evitar que os ônibus circulem sem passageiros” disse a gerente.
Com o retorno das aulas híbridas, ainda segundo a STTP, quando as escolas e universidades forem confirmando as aulas presenciais, vai acontecendo o aumento gradativo nas frotas de ônibus na cidade.
Retorno das aulas em Campina Grande
As aulas presenciais da rede pública de ensino de Campina Grande devem ser retomadas na segunda quinzena do mês de setembro deste ano, segundo informou o secretário municipal de educação Asfora Neto. Segundo o gestor, a volta das atividades em creches e escolas tem como requisito a aplicação das segundas doses das vacinas contra a Covid-19 nos profissionais de educação.
O retorno deve acontecer de forma gradativa com, no máximo 50% de cada turma, de volta ao ambiente escolar. De acordo com o planejamento municipal, um rodízio semanal pode ser feito para que todos os estudantes possam retornar para as salas de aula.
Ainda segundo o secretário, todos os alunos têm direito ao retorno, mas nenhum deles é obrigado. As atividades remotas pela internet e TV serão mantidas.
Outra medida adotada pela prefeitura é a realização de uma busca ativa pelos estudantes matriculados, mas que não e estão interagindo com a escola.

Veja também  Peixes-bois-marinhos são vistos em acasalamento em praia de João Pessoa