Tenente do Corpo de Bombeiros morre após quase sete meses internado por complicações da Covid-19

José Carlos da Silva Júnior estava em terapia de (ECMO, com um pulmão artificial, mas não resistiu.

Tenente de 28 anos morre por complicações da Covid-19, em João Pesssoa
Morreu nesta terça-feira (7) o tenente do Corpo de Bombeiros da Paraíba José Carlos da Silva Júnior, por conta de complicações decorrentes da Covid-19. Ele tinha 28 anos e estava intubado em um hospital particular de João Pessoa desde o dia 25 de março, de acordo com o Corpo de Bombeiros. O tenente entrou em terapia de Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO),  com um pulmão artificial, no dia 5 de junho, mas acabou não resistindo.
 
O velório aconteceu ainda nesta terça-feira, às 22h, na Central de Velórios Eterna Saudade, na cidade de Mari. O sepultamento acontece nesta quarta-feira (8), às 16h, no Cemitério de Mari.
O Corpo de Bombeiros publicou uma nota de pesar nas suas redes sociais. “Como um excelente militar que era, ele deu seu último respirar no dia do grito do Ipiranga. A partir de hoje, nosso amigo experimenta a independência eterna”, disse a nota.

Veja também  Cerca de 90% dos acidentes de trânsito, em CG, foram causados por falha humana em setembro