Barragem Engenheiro Avidos, na PB, recebe águas da transposição do Rio São Francisco

Recurso hídrico deve seguir, pela primeira vez, ao Rio Grande do Norte, abastecendo as barragens de Oiticica, em Jucurutu, e Armando Ribeiro Gonçalves, em Açu.

Foto: Ascom/MDR

A Barragem Engenheiro Avidos recebeu as águas da transposição do Rio São Francisco, nesta terça-feira (25), em Cajazeiras, na Paraíba. A estrutura atende cerca de 61,4 mil pessoas da região e deve beneficiar o rio Piranhas Açu, até a Barragem de São Gonçalo, em Sousa.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, do Governo Federal, a Barragem Engenheiro Avidos, que opera desde 1936, recebeu reformas em 1977.

Agora, a obra passa por serviços de modernização e recuperação, que foram iniciados em maio de 2021 e receberam investimentos federais de R$ 17,6 milhões.

O recurso hídrico deve seguir, pela primeira vez, ao Rio Grande do Norte, abastecendo as barragens de Oiticica, em Jucurutu, e Armando Ribeiro Gonçalves, em Açu.

“Essas águas vão permitir que milhares de pessoas possam ter a tão sonhada segurança hídrica. Água tratada na torneira, água à disposição para se gerar emprego e oportunidade, para se diminuir a pressão sobre o sistema de saúde pública” destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O último trecho de canal executado do Projeto São Francisco, entre os reservatórios Caiçara e Engenheiro Avidos, foi inaugurado em outubro de 2021.

O município de Monteiro foi a primeira cidade paraibana a receber as águas da transposição, no dia 8 de março de 2017. A água passou no último segmento de canal da transposição para entrar no túnel por volta das 18h20, já na zona rural de Monteiro, próximo à divisa com Pernambuco.