Vistoria dos transportes escolares em João Pessoa termina nesta sexta-feira (28)

Motoristas que não foram aprovados terão um prazo para corrigir problema encontrado pela vistoria e poderão passar pela avaliação novamente.

O calendário de vistoria dos transportes escolares em João Pessoa termina nesta sexta-feira (28). Segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), até o momento, 37% dos veículos inspecionados foram reprovados. Ao todo, 179 automóveis já passaram pela avaliação na capital. O objetivo da vistoria é garantir que os transportes escolares estarão levando os estudantes com segurança.

De acordo com a Semob-JP, a reprovação dos veículos acendeu o alerta para que pais, mães e responsáveis permaneçam atentos em relação à contratação deste tipo de serviço. Dos 179 veículos inspecionados, 130 foram aprovados e 49 reprovados. Com isso, os proprietários das vans foram orientados a corrigirem as falhas encontradas.

Segundo o superintendente de mobilidade urbana de João Pessoa, George Morais, o objetivo da vistoria é garantir que os transportes escolares estarão levando com segurança os estudantes.

“Queremos tranquilizar pais, mães e demais responsáveis sobre a contratação de um serviço de procedência, a fim de evitarem problemas futuros. Além disso, com o início das aulas, também permaneceremos atuantes na fiscalização para combater a condução de crianças e adolescentes de forma clandestina”, disse

Veja também  Perícia do MPF identifica esgoto doméstico e danos em eixo da transposição do São Francisco, em Monteiro

A Semob-JP ainda informou que na inspeção, são observados itens de segurança e equipamentos obrigatórios, como por exemplo: faroletes, sinaleiras, bancos, forros, funilaria, pintura, tacógrafo, extintor de incêndio, pneus, cintos de segurança, trava das portas, buzina e para-brisa. Foram checados em torno de 40 itens em cada veículo.

Os veículos que foram aprovados pela vistoria da Semob-JP receberam um selo cinza, indicando a aprovação. O selo tem como validade o período 2022.1.

Os motoristas que não foram aprovados terão um prazo, que não foi divulgado pela Semob-JP, para corrigir o problema encontrado pela vistoria e poderão passar pela avaliação novamente.