Réveillon de CG não terá queima de fogos

Tradicional queima de fogos no Açude Velho, que havia sido anunciada pela PMCG foi cancelada e festejos estão restritos a festas privadas.

Os preparativos já começaram para quem vai passar o Réveillon em Campina Grande. Quem escolheu a cidade para passar a “virada do ano” terá algumas opções de comemoração, todas com o intuito de trazer votos de alegria, esperança e confraternização, na espera de que o ano que se aproxima traga muitas realizações.

No entanto, a tradicional queima de fogos no Açude Velho, que havia sido anunciada pela Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), não vai mais acontecer. Na tarde de ontem, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico informou, sem justificar a razão, que o show pirotécnico no Açude Velho, maior cartão-postal da cidade, foi cancelado.

Desta forma, os festejos de final de ano estarão restritos às reuniões familiares ou às festas promovidas por alguns hotéis da cidade, que chegam a custar até R$ 700. Queima de fogos será vista somente por quem escolheu uma festa mais particular, como as organizadas pelo Garden Hotel e Ventura Recepções.

Segundo a responsável pelo setor de reservas do hotel, Flora Amélia Marinho, assim que os ponteiros marcarem meia-noite, os visitantes apreciarão um espetáculo pirotécnico e ainda desfrutarão de algumas regalias, tudo ao custo de R$ 700. “Este é o preço das mesas para quatro pessoas que estão disponíveis para venda”, informou. Até ontem estavam disponíveis 40 mesas, com direito a uma tábua de frios, uma garrafa de uísque importado e um jantar especial.

O show musical ficará por conta da orquestra Adagio e do DJ Jorge Carvalho. “A nossa expectativa é que mais de 600 pessoas participem do evento, pois já estamos com o hotel lotado”, contou Flora. No bairro de Bodocongó, o Ventura Recepções também vai comemorar a passagem de ano com queima de fogos e atrações musicais, como a orquestra Evidence, o pagode da banda Sambarato, além da participação de um DJ do Rio de Janeiro.

Os visitantes poderão comprar uma mesa para quatro pessoas, com direito a uísque “12 anos”, espumante e uma tábua de frios. “O show começa às 22h, mas não tem hora para acabar. Esperamos cerca de mil pessoas para participar da festa”, comentou o organizador Ventura Barbosa.