Criador do ‘saudoso’ Orkut lança nova rede social, a Hello

Veja os destaques tecnológicos da semana e fique por dentro das novidades que agitaram a internet.

A nova febre das redes sociais vem aí? O criador do saudoso Orkut, Orkut Buyukkokten, lançou uma nova rede social, a Hello. A plataforma já está no ar nos Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia e Austrália. A previsão da chegada no Brasil é para agosto, e para ter acesso em primeira mão você pode se cadastrar no site. A nova rede social foi anunciada ainda em 2014, quando o Orkut já se preparava para ser desativado. Naquele tempo, Buyukkokten já havia comentado sobre o início do desenvolvimento da sua nova empreitada, e até criou a startup Hello Network, em parceria com o engenheiro de software John Murphy.

Em carta disponível no site em português, com certo tom emocionado, Buyukkokten conta que pretende com o Hello criar “amizades mais profundas e verdadeiras”, onde as pessoas partilharão de interesses em comum, as mesmas paixões, dizendo ao mundo mais do que "curti". Porque, na mesma carta, ele critica a forma de se relacionar em outras redes sociais famosas como Twitter, Facebook, Tumblr e Instagram. “Nós seguimos o feed de notícias de nossos amigos debaixo de nossos cobertores, no escuro. Nossas vidas são meros pedaços de anonimato e isolamento”, afirmou.

Personas, Folio e Match – É possível notar funções que se assemelham aos concorrentes, como a função ‘Personas’, que é o equivalente aos Grupos do Facebook e às Comunidades do antigo Orkut.
Já o ‘Folio’ é a Linha do Tempo, que vai contemplar as atualizações dos seus amigos e de suas Personas favoritos. A Hello também tem elementos visuais similares aos do Instagram, suporte a jogos sociais, conquistas desbloqueáveis de uso, “curtidas” e espaço para comentários em fotos ou postagens.

View post on imgur.com

Uma das possíveis funções inéditas, e que chama atenção, da rede social é o ‘Match’, que vai unir pessoas automaticamente, a partir de interesses em comum, similar ao Tinder, porém aberto a qualquer tipo de relacionamento.

Homem é condenado a pagar R$ 15 mil por mentir sobre sexo no WhatsApp

Após espalhar pelo aplicativo WhatsApp que teve relações sexuais com uma moradora da cidade de Poloni, a 487km de São Paulo, um homem foi condenado a pagar R$ 15 mil à mulher. Além de dizer que havia feito sexo com ela, o rapaz ainda postou uma foto dela nua.

Ela chegou em mim. Eu não ia catar (sic), mas ela veio para cima, me chamou de boiola. Sê tá loko (sic), eu parti para cima dela mesmo. Tô comendo”, escreveu o homem na mensagem do WhatsApp, segundo o UOL. Na Justiça, ele afirmou que a postagem era uma “brincadeira”, mas o argumento não foi acatado pela 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo.

A mulher ficou sabendo da postagem por meio de amigos que participavam do mesmo grupo que o acusado. Como a cidade é pequena, muitas pessoas viram a foto, e ela decidiu entrar na Justiça. Não cabe recurso da decisão.

Instagram: rede social alcança 500 milhões de usuários e ganha recurso de traduções

O Instagram anunciou em seu blog que atingiu a marca de 500 milhões de usuários ativos – que acessam a rede social ao menos uma vez por mês. Deste total, conforme a empresa, 300 milhões utilizam o Instagram diariamente. De acordo com os dados da rede social, os brasileiros representam a segunda maior comunidade no aplicativo, com 35 milhões de usuários do país. Os Estados Unidos são o único país com mais usuários na rede, mas mesmo assim ainda representam de menos de 20% do total de usuários.

A rede social também anunciou na quarta-feira (22) que a partir do próximo mês, usuários do Instagram ganharão a possibilidade de ver todo o conteúdo da rede traduzido. Legendas, comentários e até os perfis poderão ser vistos no idioma do usuário, e não no que tiver sido usado por quem escreveu. Porém, alguns usuários relatam que a opção já chegou em seus aparelhos, o que leva a crer que o recurso está chegando aos poucos para todos.

Twitter aumenta limite de vídeos e lança novo app

O Twitter alterou as configurações de vídeos, agora as mídias em vídeo podem ter até 140 segundos, ao invés de 30 segundos, que era o limite anterior. O mesmo vale para vídeos do Vine, que antes estavam restritos a 6 segundos de duração – o que deixou o app famoso, pelas sacadas rápidas e divertidas de seus usuários. A interface para visualização de vídeos também foi alterada.

Já o novo app da rede de microblogs, é chamada de ‘Engage’, que serve para dar um olhar mais preciso sobre estatísticas da conta e é voltado aos influenciadores da plataforma. Veja como é o visual da plataforma:

 

Tumblr lança ferramenta de transmissões ao vivo

A empresa anunciou na terça-feira (21), a sua nova ferramenta de vídeos ao vivo. Ao invés de desperdiçar tempo e dinheiro em sua própria tecnologia de streaming ao vivo, o Tumblr optou por integrar as soluções de live video já existentes. Em um primeiro momento, a plataforma conta com suporte via YouTube, YouNow, Kanvas e Upclose.

Para iniciar uma transmissão basta o usuário publicar o vídeo em umas das quatro plataformas já compatíveis e compartilhar a transmissão com o Tumblr. Com isso, os seguidores vão receber uma notificação avisando que irá começar um vídeo ao vivo.