Dia Mundial do AVC: saiba quais os sintomas para identificar a doença

Médicos também orientam como prevenir o mal, que uma das principais causas de mortalidade no Brasil.

Foto: Leonardo Silva
Foto: Leonardo Silva

Dados do Ministério da Saúde revelam que o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das principais causas de mortalidade e incapacidade adquirida no Brasil. O Dia Mundial do AVC, é comemorado nesta terça-feira (29). A data tem a finalidade de alertar as pessoas sobre a prevenção. Caracterizado por uma alteração na circulação sanguínea no cérebro, o AVC tem dois subtipos: o isquêmico que é o mais comum, representa 85% dos casos, e o hemorrágico que corresponde a 15%, mas que causa o maior índice de mortalidade.

Sobre esses índices alarmantes, especialistas médicos da neurologia do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, alertam a população que o reconhecimento precoce dos sintomas da doença, como também a agilidade no tratamento, reduzem consideravelmente os índices de mortalidade e complicações referentes à patologia.

Segundo o neurologista do Hospital Metropolitano, Rafael Andrade, o diagnóstico rápido do AVC, além do tratamento imediato, reduz significativamente as chances de complicações para o paciente. “A gravidade da lesão provocada pelo AVC vai depender do tempo que o paciente levou para ser atendido e diagnosticado em um hospital. Normalmente, a região cerebral afetada demora de quatro a seis horas para morrer, a partir daí, os danos são irreversíveis. Ou seja, quanto mais rápido o paciente que está sofrendo um AVC chegar ao hospital, maiores são as suas chances de reverter a situação e evitar que a patologia comprometa uma área maior do cérebro” frisou.

Diagnóstico

Os sintomas do AVC é analisado de acordo com a Escala de Cincinnati, que tem por base uma avaliação médica, pré-hospitalar, utilizada para diagnosticar a presença de um acidente vascular encefálico. Ela é composta por três comandos: 1: pedir para o paciente sorrir, mostrando os dentes. 2: solicitar para o paciente levantar os braços para frente por 10 segundos; 3: pedir para o paciente falar uma frase simples.

Se as respostas a esses comandos forem inadequadas, como falta de assimetria no sorriso, queda de um dos braços, evidenciando fraqueza muscular, ou a dificuldade ou incapacidade para falar, deve-se procurar a urgência médica imediatamente.

Como prevenir

Uma das principais maneiras de prevenir o AVC é mantendo o controle da pressão arterial. Além disso, é preciso que o paciente monitore a glicose e a diabetes. Outras medidas de saúde também podem trazer bons resultados, como evitar o sobrepeso e a obesidade, evitar o consumo cigarro e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, manter os níveis saudáveis de colesterol, adotar uma dieta saudável e praticar exercícios físicos com frequência.