Paraíba registra 764 pessoas privadas de liberdade inscritas no Enem 2020

O total representa crescimento de 8,64% no número de inscritos em relação ao ano passado.

Foto: Inaê Teles/G1
Foto: Inaê Teles/G1

Um total de 764 reeducandos na Paraíba se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade (ENEM PPL) 2020, o que representa um crescimento de 8,64% no número de inscritos em relação a edição do ano passado. Os apenados do regime fechado interessados no Enem PPL realizaram a inscrição nas 51 unidades prisionais onde serão aplicadas as provas.  Os números foram divulgados nesta terça-feira (22).

Entre as cadeias públicas, o destaque foi para Cadeia de São João do Cariri que teve 100% dos privados de liberdade inscritos para realização da prova. Já entre as penitenciárias masculinas, o destaque foi para Penitenciária de Segurança Máxima Criminalista Geraldo Beltrão, em João Pessoa, que teve 26,90% dos reeducandos inscritos. Entre as unidades penais femininas, a Penitenciária Regional Feminina de Patos teve o maior percentual de inscritas, ou seja, 81,25% das reeducandas irão participar do Enem PPL 2020.

As inscrições gratuitas foram encerradas no dia 11 de dezembro. As provas ocorrem nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021. A prova será realizada em 51 locais e, pela primeira vez, uma das salas será na sede da Gerência Executiva de Ressocialização para os reeducandos dos regimes aberto, semiaberto e em Livramento Condicional.

A Gerência Executiva de Ressocialização, por meio do Núcleo Educação, fará uma série de aulas remotas para revisão dos conteúdos previstos para prova. Além disso, será usada a apostila “Se Liga no ENEM” que é um Programa do Governo do Estado da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia para mobilização, orientação e formação de estudantes e professores com objetivo de fomentar o ingresso dos estudantes no ensino superior, através da preparação para o ENEM.