João Paulo Medeiros

Lula diz que Governo tinha "obrigação" de retomar bombeamento da Transposição para Paraíba

Ao lado do ex-governador Ricardo Coutinho, Lula lamentou falta de investimentos na região Nordeste

Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

Um dia após o ministro do Desenvolvimento Regional do Governo Bolsonaro, Gustavo Canuto, anunciar a retomada do bombeamento da água da Transposição do Rio São Francisco, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) voltou a falar sobre o tema. Ele disse que o Governo Federal tinha a “obrigação” de retomar o bombeamento para a Paraíba.
“Só o fato de terem mandado ligar a água, já fizeram a obrigação de fazer o povo nordestino voltar a sorrir”, comentou o ex-presidente em vídeo postado nas redes sociais, ao lado do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). Lula lamentou a falta de investimentos na região Nordeste e lembrou que por várias vezes percorreu o Estado em suas campanhas eleitorais.
https://www.instagram.com/tv/B4xWyAwgBGL/?igshid=1rrtvo3kbzp7d
Suspenso desde fevereiro deste ano, o bombeamento da Transposição para a Paraíba foi retomado desde o último sábado (09), conforme o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). A expectativa é de que até o fim deste mês as águas voltem a chegar na região de Monteiro, no Cariri do Estado. A obra da Transposição foi iniciada durante a gestão do ex-presidente Lula.
Essa semana o Ministério Público Federal (MPF) recomendou a retomada do bombeamento. Técnicos do MPF visitaram o canal e o açude Cacimba Nova, em Pernambuco, e constataram que a situação de risco do reservatório vem sendo equacionada pelo Governo Federal. Meses atrás moradores da cidade de Monteiro denunciaram a existência de rachaduras e avarias ao longo do canal da Transposição. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), os problemas receberam reparos técnicos e não afetam o funcionamento do sistema.

Veja também  Reunião entre tucanos e Romero e Bruno, em Brasília, vai definir rumos do grupo em 2022