Cícero visita aterro sanitário e anuncia plano de ampliação da coleta seletiva em JP

Prefeito foi responsável pelo fim do lixão na capital, há 16 anos.

Foto: divulgação/Secom-JP
Foto: divulgação

No primeiro dia útil como prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), realizou, na manhã desta segunda-feira (4), uma visita ao aterro sanitário da cidade. A obra foi deixada por ele há 16 anos, quando administrou a cidade e extinguiu o lixão do Róger. Cícero disse que pretende avançar na questão da educação ambiental e planeja a ampliação da coletiva seletiva nos bairros.

Segundo Cícero, a capital avançou na questão da poluição ambiental, na qualidade do tratamento do chorume, bem como na captação dos gases para gerar energia, mas deixou de lados assuntos considerados por ele importantes, como a educação ambiental e ampliação dos locais de coleta de seletiva. “Vamos retomar isso com força. A prefeitura vai atuar instalando e cobrando da empresa para instalar, que estava prevista na concessão novos locais de coleta seletiva, bem como instalar a questão da educação ambiental”, comentou.

Além de permitir renda às famílias, segundo o prefeito, também vai contribuir com a ampliação da vida útil do Aterro Sanitário, que é estimada em 25 anos.

O prefeito não descartou a possibilidade de inserir as escolas no processo de educação ambiental e a sociedade, através de campanhas publicitárias, bem como firmando parcerias com a iniciativa privadas, como redes varejistas, de supermercados e concessionárias de energia, por exemplo.

No local, o prefeito também avaliou a destinação que vem sendo dada para os resíduos sólidos na capital e as condições de trabalho dos profissionais que prestam o serviço de limpeza urbana em João Pessoa. “Existe uma licitação que o Tribunal de Contas do Estado está julgando a validade da coleta. Vamos com nossa equipe processar as informações para adotar aquilo que for necessário”, comentou.

Veja também  Politizades: Você sabe o que são os três poderes e as razões da separação? 

 

Catadores

 

Após a vistoria, o prefeito teve um encontro com membros da Astramare, Associação de Catadores de Materiais Recicláveis, de quem ouviu pleitos e exposição de dificuldades, potencializadas nesse período de pandemia do Covid-19. A entidade reúne 176 trabalhadores, que retiram do lixo o material reciclável que é vendido aos processadores.

Os catadores receberam do prefeito Cícero Lucena o compromisso de buscar melhores condições de trabalho e maior rentabilidade com os recicláveis. O prefeito também viu a necessidade de levar ações sociais à categoria, como educação e qualificação profissional.

 

Limpeza geral

 

Ainda na pauta do lixo de João Pessoa, Cícero Lucena disse que a Empresa de Limpeza Urbana (Emlur) inicia nesta segunda-feira um trabalho intenso para retirar o lixo acumulado pelas ruas da cidade. A missão terá início com uma grande operação de limpeza no Bairro Cidade Verde, mas deve percorrer todos os bairros da capital. “Onde tiver foco de acúmulo de lixo vamos ter que trabalhar”, reiterou o prefeito.