João Paulo Medeiros

Veneziano, o MDB e a torcida de Nilda Gondim

Senador deve anunciar até o dia 15 o seu novo partido. Nilda Gondim diz estar na torcida por retorno ao MDB

Foto: Waléria Assunção

O senador paraibano Veneziano Vital do Rêgo (sem partido) ainda não anunciou o seu novo partido. A definição está marcada, por ele mesmo, para acontecer até a próxima sexta-feira, dia 15 de janeiro. A data, diz ele, foi estipulada por acaso. “Poderia falar dia 19, Podemos. Dia 23, Cidadania”, comentou dias atrás, em contato com o Blog.
Hoje, além da ‘coincidência’ com a data escolhida, um outro sinal foi dado de que o senador deverá retornar às fileiras do MDB.
Prestes a assumir uma das cadeiras do Senado, temporariamente – com a licença do senador José Maranhão (MDB), a ex-deputada federal e mãe de Veneziano, Nilda Gondim (MDB), reforçou os apelos para que o filho retorne à antiga agremiação.
“Estou aguardando assim como vocês. Torcendo para que seja o MDB, que é o nosso partido”, assinalou Nilda, em entrevista à imprensa.
Veneziano deixou o MDB em 2018, quando filiou-se ao PSB.
Se ouvir a torcida da mãe, ele retornará à legenda que o elegeu por duas vezes prefeito da segunda maior cidade do Estado. E seguirá um ditado que diz: “o bom filho à casa torna”. No caso de Veneziano, o máxima pode ser complementada com ‘um bom filho escuta a torcida da mãe”.