João Paulo Medeiros

TCE rejeita contas de ex-prefeita denunciada pelo Gaeco na 'Andaime' e cobra débito milionário

Auditoria apontou irregularidades e imputou débito de R$ 1,2 milhão

Foto: Ascom

O Tribunal de Contas do Estado rejeitou, na sessão de hoje, as contas de 2014 da ex-prefeita da cidade de Monte Horebe, Cláudia Aparecida Dias. Ela é a mesma que foi denunciada, em 2016, na 3ª fase da Operação Andaime, realizada pelo Gaeco do MPPB.
Na época o MP investigou fraudes e desvios em várias cidades do Sertão do Estado.
No julgamento de hoje os conselheiros consideraram irregularidades apontadas pela auditoria do TCE, como gastos excessivos na compra de combustíveis, pagamentos por serviços sem a devida contraprestação, falta de recolhimento de contribuições previdenciárias, não comprovação de serviços de coleta de resíduos sólidos e excesso de pagamentos em obras públicas.
No total o TCE imputou um débito milionário a ser ressarcido pela ex-gestora e, solidariamente, por empresas envolvidas nos contratos: R$ 1,2 milhão.

Veja também  TCE rejeita recurso de ex-governador e mantém desaprovação das contas de 2017