Prefeitura de João Pessoa estuda réveillon na praia com pelo menos três pontos de shows, diz secretário

Objetivo, conforme o secretário, é dispersar mais o público e evitar aglomeração no local.

Foto: Divulgação/Secom-JP

O secretário de saúde do município de João Pessoa, Fábio Rocha, declarou, em entrevista à TV Cabo Branco, que a prefeitura da capital está estudando realizar o réveillon na praia com três ou quatro pontos de shows. O objetivo é dispersar mais o público e evitar aglomeração no local.

De acordo com Fábio Rocha, com a quantidade de pessoas vacinadas na capital, há uma perspectiva de minimizar o vetor de transmissão. “Estamos tendo uma queda grande, não podemos retroceder. Como vai ser paulatino, vamos observando”, disse Fábio Rocha. Até esta quinta-feira (30), 604.237 primeiras doses já foram aplicadas, 323.853 segundas doses e 12.636 doses únicas, em João Pessoa.

No novo decreto de João Pessoa, publicado nesta quinta-feira (30), está permitida a realização de shows na capital, com o uso obrigatório de máscaras faciais, disponibilização de álcool 70%, aferição da temperatura corporal na entrada.

Veja também  Dois vereadores e três suplentes de Campina Grande têm votos anulados por juiz eleitoral

Além disso, será exigida a apresentação de cartão de vacinação com, no mínimo, a comprovação da primeira dose da vacina, há pelo menos 14 dias, e apresentação de teste de antígeno negativo para Covid-19 realizado em até 72 horas antes do evento. Será dispensada a apresentação do exame para as pessoas que já se encontrarem com o esquema vacinal completo (duas doses), além de outros protocolos emanados da Gerência de Vigilância Sanitária do Município.

O limite da capacidade de público será liberado observado o seguinte cronograma:

1º a 31 de outubro – ocupação de 20% da capacidade do local;
1º a 30 de novembro – ocupação de 50% da capacidade do local;
1º a 15 de dezembro – ocupação de 80% da capacidade do local;
A partir de 16 de dezembro – ocupação de 100% da capacidade do local.