Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Corpo de Maranhão terá velório aberto ao público no Palácio da Redenção

Por ANGELICA NUNES

 

O corpo do senador José Maranhão (MDB) deverá chegar à Paraíba na tarde desta terça-feira (9). De acordo com a viúva do parlamentar, a desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, ele será recepcionado por autoridades para ser recebido com honras de chefe de estado. A previsão é de que o corpo chegue ao Aeroporto Castro Pinto às 14h.

Neste momento, estarão presentes apenas os chefes dos poderes Executivo (João Azevêdo), do Legislativo (Adriano Galdino), do Judiciário (Saulo Benevides) e do Ministério Público (Francisco Seráfico), além do arcebispo da Paraíba Dom Delson e familiares mais próximos.

No trajeto até o carro que conduzirá o corpo, ele receberá à continência acompanhada por um toque executado pela Banda de Música da PM.

Após a solenidade, o corpo será conduzido em marcha fúnebre por cadetes da Academia da Polícia Militar do Cabo Branco até o Palácio da Redenção, na Praça dos Três Poderes, onde será iniciado um velório aberto ao público. “Será um momento para os paraibanos que queiram ver o seu corpo pela última vez”, comentou Fátima Bezerra. Segundo ela, o velório deve durar apenas uma hora.

Veja também  Queiroga é convidado por comissão da Câmara para explicar atuação de Queiroguinha na liberação de recursos

O carro que levará o corpo terá a presença de batedores de escolta do Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas. Eles passarão pela sede do MDB, na Avenida Duarte da Silveira, e também pela residência do senador, no bairro Altiplano, onde se fará um momento de silêncio em sua homenagem.

Logo em seguida irá para Araruna, sua terra natal, onde será sepultado no túmulo da família, ao lado dos pais. O sepultamento está previsto para as 10h desta quarta-feira (10), no Cemitério Municipal.

Antes do sepultamento, será realizada uma missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. “Ele virá em cortejo até a sua casa e aqui faremos um minuto de silêncio, onde pediremos aos vizinhos e fieis da paróquia, e aos padres, que estejam presentes para que possamos aplaudir aquele que sempre foi um político, um pai de família, um avó, um chefe familiar extremoso, não só para mim como para todos que tiveram a felicidade de conviver com Maranhão”, declarou a viúva.

Segundo a assessoria da Polícia Militar, o sepultamento contará com toque de silêncio, salva de tiros e demais honras previstas.