Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Quase 16% da população adulta da PB sofreu algum tipo de violência física ou psicológica, diz IBGE

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES

Foto: Reprodução/EPTV

A Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE revelou que, na Paraíba, cerca de 15,7% da população adulta sofreu algum tipo de violência nos últimos 12
meses anteriores à entrevista.

A proporção registrada no Estado, que aponta para 469 mil pessoas nessa situação, ficou abaixo das médias nacional (18,3%) e regional (18,7%), além de ter sido a menor do Nordeste.

Em João Pessoa, o percentual foi ainda menor (14,9%) e inferior à média das capitais da região (20,5%). De modo geral, o relato de violência era mais frequente entre as mulheres (16,3%), do que entre os homens (15%). 

Deixaram de realizar um atividade habitual 

A pesquisa mostrou que do total estadual de pessoas que sofreram alguma violência, 13,2%, aproximadamente 62 mil, deixaram de realizar atividades habituais em decorrência disso. A proporção foi bem maior entre as mulheres (17,6%) do que entre os homens (9,9%).

Violência física

Segundo a PNS, 2,7% da população paraibana sofreu violência física no período investigado, o menor indicador identificado no País, inferior às médias brasileira (4,1%) e nordestina (4,5%). Esse tipo de agressão teve mais vítimas homens (3,1%), do que mulheres (2,4%).

Veja também  Justiça condena prefeita de Mamanguape a devolver R$ 79,2 mil por ato de improbidade

Violência psicológica 

Além disso, 449 mil pessoas sofreram violência psicológica nos 12 meses anteriores à entrevista. O contingente representa 15% dos habitantes adultos do Estado, proporção menor que as observadas nos recortes Brasil (17,4%) e Nordeste (17,7%). As mulheres, mais uma vez, são as mais atingidas com 16%, ao passo que nos homens a porcentagem é de 13,9%.

Lembrando que 15.7% é o percentual total de quem sofreu alguma violência e se refere ao número de pessoas. Uma mesma pessoa pode ter sofrido mais de um tipo de violência no mesmo período.

Violência sexual alguma vez na vida 

Ainda na população de 18 anos ou mais de idade, 4,7% haviam sofrido violência sexual alguma vez na vida, cerca de 139 mil pessoas. Apesar do grande número, o percentual também ficou abaixo dos constatados nos cenários nacional (5,9%) e regional (5,9%). A incidência desse tipo de agressão foi mais comum no grupo feminino (6,5%), do que no masculino (2,5%).

 

Fonte: IBGE