Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

MP investiga se presidente da Câmara Municipal de Pombal acumula cargo ilegalmente

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA

 

Foto: reprodução/TV Cabo Branco

O Ministério Público da Paraíba instaurou um inquérito civil para apurar se o presidente da Câmara Municipal de Pombal, Gilberto Ismael Lacerda, mais conhecido como ‘Beto Xau’, estaria acumulando ilegalmente cargos públicos. A abertura do procedimento foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público de ontem (1º).

De acordo com o documento, o parlamentar é servidor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), atualmente lotado na Agência de Pombal, e estaria ainda vinculado ao órgão, acumulando com o cargo no parlamento. Em tese, a acumulação dos cargos configuraria em irregularidade porque a função de chefe do poder legislativo requer dedicação exclusiva.

Veja também  Aeroclube vai doar 82,5% da sua área para construção de parque ecológico em João Pessoa

A investigação para apurar se há irregularidade no acúmulo de funções está a cargo da 3º Promotor de Justiça, Leidimar Almeida Bezerra.

O Conversa Política tentou entrar em contato com Gilberto Lacerda e aguarda retorno.