Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Deputado federal pede investigação depois de ter nome citado em relato de “briga de bar” em João Pessoa

Segundo Aguinaldo Ribeiro, o conteúdo do áudio não condiz com a verdade e o objetivo foi apenas “espalhar informações inverídicas, boatos”, sobre ele.

Foot: divulgação/Facebook
Foot: divulgação/Facebook

A assessoria do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) confirmou que ele apresentou nesta sexta-feira (3) uma representação criminal para que seja apurada a autoria de um áudio em grupos do Whatsapp, que cita o nome dele como uma das pessoas que se envolveram em uma briga de bar, no bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Segundo ele, o conteúdo do áudio não condiz com a verdade e o objetivo foi apenas “espalhar informações inverídicas, boatos”, sobre ele.

A representação solicita que seja apurada a prática dos crimes de calúnia e difamação. A autoria do áudio é desconhecida. Nele um homem narra que ouviu dizer de uma outra pessoa que Aguinaldo teria se envolvido em uma briga, em um bar, no bairro do Manaíra, em João Pessoa.

Veja também  Vereador pede afastamento do prefeito de Lucena Léo Bandeira por 180 dias

De acordo com a assessoria, Aguinaldo não estava em João Pessoa e espera que a apuração aponte os autores deste crime e que eles sejam devidamente punidos. O deputado frisou que essa lamentável prática deve ser coibida.

Participação de Natal dos Sentimentos 

No início da noite de ontem (03), o deputado participou da abertura oficial do projeto ‘Natal dos Sentimentos’, promovido pela prefeitura de João Pessoa. O deputado acompanhou o prefeito Cícero Lucena, do mesmo partido, o vice-prefeito Leo Bezerra, e o governador da Paraíba, João Azevêdo, nos três polos do projeto, no Busto de Tamandaré (Polo do Amor), entre as praias de Tambaú e Cabo Branco; na Praça da Independência (Polo da Esperança) e no Parque Solon de Lucena (Polo da Alegria).

Foto: Divulgação