Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Pressão eleitoral: ao lado de Cícero, João diz que está convicto que terá Aguinaldo na chapa majoritária

Ambos precisam de Aguinaldo para fortalecer seus projetos políticos: João, em outubro, e Cícero, em 2024.

Foto: Ascom/PMJP

O governador João Azevêdo (PSB) afirmou, ontem (24), que está convicto de que terá o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas). A declaração foi após uma pergunta do repórter Albemar Santos (Mais PB), sob o olhar atento e fixo do prefeito Cícero Lucena (Progressistas), principal torcedor e defensor da união do grupo.

Ambos, na prática, precisam de Aguinaldo para fortalecer seus projetos políticos: João, em outubro, e Cícero, em 2024. Os dois pressionam de todos os lados para que a decisão seja tomada logo, mesmo o governador afirmando que “cada um tem seu tempo”.

Aguinaldo está entre ir para uma reeleição tranquila ou ir para uma disputa mais arriscada. Ao deputado federal, os dois garantem “sola de sapato” para pedir e reverter votos até outubro.

Veja também  Artesanato e arte popular: João Pessoa e Campina “estrelam” websérie lançada pelo Ministro do Turismo

Oscilando entre o sim e o não, o cenário de hoje é favorável ao anuncio de que vai para disputa ao Senado, mas quer reversão de apoios do Republicanos e de aliados do governador, que empenharam apoio ao outro pré-candidato ao Senado: Efraim (UB).

Os grupos, as máquinas, de Cícero e João estão dispostos a dar o que ele pede, mas o índice de garantias não é alto. Aí já viu…