Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

PL confirma Nilvan como candidato ao governo da Paraíba, Bolinha na vice e Bruno Roberto ao Senado

Nilvan e Bruno consolidam a candidatura em meio a uma pré-campanha cheia de boatos sobre desistências e alianças que poderiam fazer com outros nomes que estão na disputa eleitoral, entre eles o candidato ao governo, Pedro Cunha Lima (PSDB). 

Foto: divulgação/PLPB

O Partido Liberal na Paraíba confirmou os nomes do comunicador Nilvan Ferreira como candidato ao governo  e Bruno Roberto para disputar a vaga ao Senado. A convenção partidária foi realizada no Hotel Garden, em Campina Grande, nesta sexta-feira (5).

A vaga de vice foi preenchida de última hora, anunciada antes da convenção do partido. O escolhido para o espaço foi o empresário Arthur Bolinha, que é do mesmo partido. Ele já concorreu ao cargo de prefeito de Campina Grande, mas não se elegeu. Também eram cotadas para a vaga a médica Anelise Menegesso e Marcela Torres.

Nilvan e Bruno consolidam a candidatura em meio a uma pré-campanha cheia de boatos sobre desistências e alianças que poderiam fazer com outros nomes que estão na disputa eleitoral, entre eles o candidato ao governo, Pedro Cunha Lima (PSDB).

Os dois não são novatos nas disputas eleitorais, mas nunca assumiram um cargo eletivo. Nilvan foi candidato a prefeito de João Pessoa, em 2020, e ficou em segundo lugar, numa disputa em segundo turno.

Bruno Roberto foi candidato a vice-governador, em 2018, na chapa encabeçada pelo então senador João Maranhão. Eles foram derrotados na eleição.

Nilvan Ferreira

Nilvan Ferreira Nascimento nasceu em Cajazeiras, Sertão da Paraíba, em 1973. Tem 49 anos. É comunicador, com atuação em emissoras de rádio e televisão do estado. Entre elas, Rádio Alto Piranhas e Cidade FM de Cajazeiras; Rádio e Tv Arapuan, em João Pessoa; Paraíba FM (Sistema Paraíba de Comunicação), Sistema Correio de Comunicação, também na capital.

Veja também  Plano de Pedro Cunha Lima para disputa ao governo da Paraíba prioriza educação

Participou da primeira disputa eleitoral em 2020, pelo MDB. Ficou em segundo lugar, com 163.030 votos. Em 2021, filiou-se ao PTB, quando o partido se alinhou ao presidente Jair Bolsonaro. Neste ano, com intervenção no partido, filiou-se ao PL, mesma legenda do presidente.

Bruno Roberto

Bruno Figueiredo Roberto tem 35 anos e é natural de Campina Grande. É formado em Direito pela Unifacisa, com pós-graduação em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Direito (IDP). Ocupou funções administrativas no Governo do Estado, tendo sido secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca (2010) e secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (2016).

Participou da primeira disputa eleitoral em 2012, quando concorreu como candidato a vice-prefeito de Campina Grande pelo PR, ao lado da candidata do MDB, Tatiana Medeiros.

Em 2018, foi candidato a vice-governador pelo PR, na chapa encabeçada pelo ex-governador José Maranhão (MDB). Novamente o grupo saiu derrotado nas urnas.

Este ano, acompanhou o pai, o deputado federal Wellington Roberto, na mudança de partido do PR para o PL do presidente Jair Bolsonaro, quando foi alçado como pré-candidato ao Senado.